6 universidades de ponta da Rússia ​​que oferecem mestrado em inglês

mephi.ru
Quer estudar na Rússia, mas não fala o idioma local? Sem problemas. Essas universidades russas reconhecidas internacionalmente oferecem cursos em outras línguas.

1. Universidade Estatal Lomonossov de Moscou

Fundada em 1755, a Universidade Estatal Lomonossov de Moscou (MGU) é a mais antiga e uma das maiores universidades do país. Oferece uma variedade de programas educacionais e é considerada uma das universidades de maior prestígio entre os jovens russos. Os estudantes podem escolher vários programas de mestrado em inglês.

Por exemplo, há uma oportunidade de se formar em “A Ordem Global: Transformações e Desafios” e aprender não apenas com docentes russos, mas também com professores dos EUA, Canadá, Alemanha, Itália e Suécia.

Ou você pode se inscrever em “Rede e Computação Avançada”, ministrado em conjunto pela MGU e Skoltech (Instituto de Ciência e Tecnologia Skôlkovo), e se tornar um especialista na interseção de redes de computadores, design de sistemas distribuídos complexos, processamento e análise de dados e aprendizado de máquina.

Além disso, existem alguns programas que oferecem mestrado conjunto com instituições estrangeiras, como “Mestrado em Ciências Matemáticas”, com a Universidade de Primorska em Koper (Eslovênia), e “Globalização, Governança e Compreensão Internacional”, com a Link Campus University em Roma (Itália).

Mais informações: https://www.msu.ru/en/admissions/programs-in-english.php

2. Instituto de Física e Tecnologia de Moscou (MIPT)

Uma das principais universidades da Rússia nos campos de física e tecnologia, a MIPT foi criada em 1951 e produziu muitos cientistas russos importantes, incluindo mais de 80 membros da Academia Russa de Ciências. Seus primeiros docentes foram os vencedores do Prêmio Nobel Piotr Kapitsa, Nikolai Semenov e Lev Landau. Para quem tem interesse em matemática ou engenharia, este pode ser o lugar ideal.

A universidade possui vários programas de mestrado ministrados apenas em inglês: de “Combinatória avançada” e “Redes neurais & Computadores neurais” a “Aerodinâmica” e “Bioinformática industrial”. Além disso, existem programas em Inovação e Negócios, como “Mestrado em Negócios Internacionais, Empreendedorismo e Tecnologia” e “Mestrado em Transformação Digital”.

Mais informações: https://mipt.ru/english/edu/master/

3. Escola Superior de Economia (HSE)

Classificada consistentemente como uma das principais universidades da Rússia, a Escola Superior de Economia é uma instituição relativamente jovem. Fundada em 1992, tornou-se rapidamente uma instituição de pesquisa de renome, destacando-se por sua presença internacional e rede de parcerias.

Os docentes e estudantes da HSE são provenientes de mais de 90 países; por isso é natural que a universidade ofereça uma ampla gama de programas de pós-graduação ministrados em inglês, abrangendo áreas como Ciência da Computação, Economia e Finanças, Humanas, Ciências Sociais, Administração, Economia Mundial e Relações Internacionais, Matemática, Estudos Urbanos, Direito, Comunicação e Mídia. A oferta é farta – de “Sistemas de Big Data” a “Prototipagem de cidades futuras”.

LEIA TAMBÉM: 9 vantagens que todo estudante na Rússia tem

A universidade possui campi em várias cidades russas, inclusive em Moscou, cada qual com experiência em campos acadêmicos diversos. Há, por exemplo, a oportunidade de cursar “Matemática”, “Comércio Global” ou “Linguística aplicada e Análise de texto” em Níjni Nôvgorod, ou se especializar em “Finanças”, “História Global e Regional”, “Gerenciamento e Análise de Negócios” e “Política Comparada da Eurásia” em São Petersburgo.

Mais informações: https://admissions.hse.ru/en/graduate-apply

4. Universidade Nacional de Pesquisa Nuclear “MEPhI” (Moscou) 

Fundada no meio da Segunda Guerra Mundial, a MEPhI tem “o pai da bomba atômica” Igor Kurtchatov como um de seus fundadores. Por ser um dos principais centros de treinamento e pesquisa nuclear da Rússia, não é surpresa alguma que atraia os jovens mais talentosos interessados em disciplinas técnicas.

Hoje em dia oferece vários programas de mestrado em inglês. “Engenharia de energia nuclear”, “Materiais para aplicação nuclear”, “Engenharia nuclear” e “Engenharia e Design de Materiais” são opções para estudantes sem conhecimento do idioma russo.

Mais Informações: https://eng.mephi.ru/academics/degrees-and-programs/msc

5. Universidade Estadual de São Petersburgo de Tecnologia da Informação, Mecânica e Ótica (ITMO)

A história da ITMO, com sede em São Petersburgo, começou em 1900, quando a Escola Profissional Príncipe Nikolai começou a treinar especialistas em Mecânica, Ótica e Relojoaria. Muita coisa aconteceu desde então e, atualmente, a universidade é conhecida sobretudo por formar profissionais de TI de nível internacional.

A instituição possui vários programas internacionais de mestrado, dos quais muitos são realizados em conjunto com universidades parceiras de outros países. Entre as opções, é possível escolher entre programas de dupla titulação (como “Robótica” ou “Bioengenharia e Sistemas Biotécnicos”) ou estudar apenas na Rússia, com especialização em “Química de materiais aplicados” e “Arte & ciência”, por exemplo.

Mais informações: https://en.itmo.ru/en/page/310/International_Master's_Programs.htm

6. Universidade Estatal de São Petersburgo (SPbU)

Fundada em 1724 por decreto de Pedro, o Grande, a SPbU sempre teve foco em pesquisas fundamentais em ciências, engenharia e humanas. É conhecida por ser a alma materda maioria da elite política atual da Rússia, incluindo o presidente Vladimir Putin e o vice-presidente do Conselho de Segurança, Dmítri Medvedev (ex-presidente e ex-primeiro-ministro da Rússia), que ali estudaram direito.

A SPbU tem fortes conexões com 486 universidades do mundo todo e atrai mais de 3.000 estudantes internacionais todos os anos. Atualmente, oferece uma ampla variedade de programas de mestrado em inglês em áreas como administração, economia, matemática, física, ciências naturais, ciências sociais e ciências da cultura.

Além de fazer um mestrado em inglês em “Sistema de Comércio Internacional” ou “Ciência Integrada de Paisagens Ambientais em Região Fria”, pode-se considerar a matrícula em um dos poucos programas de linguística disponíveis em alemão, francês, espanhol ou italiano; entre eles, “Alemão como língua estrangeira e diálogo intercultural”, “Língua e comunicação”, “Comunicação intercultural: diálogo alemão-russo” e “Tecnologias inovadoras de tradução: francês/espanhol/italiano”.

Mais informações: https://english.spbu.ru/education/graduate/master-in-english 

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies