Banco do Brics aprova três novos projetos no Brasil e na China

BRICS Russia 2020 (CC BY 4.0)
Brasil receberá US$ 540 milhões para a implementação de dois novos projetos de investimento.

O conselho de administração do Novo Banco de Desenvolvimento do Brics (NBD) aprovou recentemente investimentos em três novos projetos no Brasil e na China, segundo comunicado divulgado pela entidade financeira.

A China receberá um empréstimo no valor de US$ 340 milhões para a modernização da rede rodoviária e infraestrutura relacionada ao longo de importantes rotas de transporte na província oriental de Anhui. 

O Brasil, por sua vez, receberá dois empréstimos independentes. O primeiro, no valor de US$ 500 milhões, será destinado a um projeto de mitigação dos efeitos das mudanças climáticas e adaptação de diversos setores da economia. O governo brasileiro atuará como fiador do empréstimo, enquanto o Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) receberá os fundos. O segundo empréstimo, no valor de US$ 40 milhões, será utilizado em um projeto do município de Sorocaba (SP) que visa a melhorar a infraestrutura rodoviária, promover meios alternativos de transporte e aumentar a produtividade da infraestrutura urbana.

A carteira de empréstimos aprovados do Banco do Brics já ultrapassa os US$ 29 bilhões. O NBD investe sobretudo em projetos de energia limpa, infraestrutura urbana e de transporte e tratamento de água.

LEIA TAMBÉM: Rosatom assina contrato de cinco anos para fornecimento de isótopos médicos ao Brasil

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies