Gazprom anuncia fase final da construção do gasoduto Turkish Stream

Ali Aksoyer/Global Look Press
O gasoduto, que poderá transportar gás ao sudoeste europeu sem atravessar o território ucraniano, começará a funcionar até o final deste ano.

A maior empresa de gás russa está finalizando a construção do gasoduto Turkish Stream, que ligará a Rússia à parte europeia da Turquia. As informações são do serviço de imprensa da empresa.

"Ambos os tubos já estão cheios de gás, desde a infraestrutura costeira perto de Anapam, no sul da Rússia, na região do Mar Negro, até o terminal de recepção, localizado perto da vila de Kiyiköy, na costa turca", informou a Gazprom, acrescentando que a estação de compressores russa já está em operação e a construção do centro de recepção na Turquia está prestes a ser concluída.

A perspectiva é de que o gasoduto, cuja construção começou em 2017, esteja operando já no fim de 2019.

O gasoduto Turkish Stream é principalmente subaquático, tem mais de 930 quilômetros de extensão e consiste em dois tubos, cada um com capacidade para transportar 15,75 bilhões de metros cúbicos de gás por ano. O primeiro tubo fornecerá gás para a Turquia, enquanto o segundo será usado para transportar gás aos países do sul e sudeste da Europa.

 

LEIA TAMBÉM: Quatro questões sobre o setor de energia da Rússia

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies