Venezuela pagou 2,3 bilhões de dólares à Rosneft em 2018 e saldou metade de sua dívida

Grigori Sisoiev/Sputnik
Segundo o vice-presidente da gigante russa do petróleo, Didier Casimiro, país devia 4,6 bilhões de dólares à Rosneft.

A agência de notícias russa Ria Nôvosti anunciou que um informe da companhia Rosneft de 31 de dezembro de 2018 apontava para o pagamento de 2,3 bilhões de dólares por parte de Venezuela no ano passado. Em 31 de dezembro de 2017, a dívida da petrolífera PDVSA à Rosneft era de 4,6 bilhões de dólares.

Em março do ano passado, o vice-presidente da Rosneft para Refinação, Petroquímica, Comércio e Logística, Didier Casimiro, afirmou que a Rosneft concedeu à companhia estatal venezuelana PDVSA 6,5 bilhões de dólares para fornecimento de petróleo e que se esperava que a dívida se encerrasse até o final de 2020.

A Rosneft tem participação no projeto da Petromonagas (40% das ações), da Petromiranda (32%), da Petroperija (40%), da Boqueron (26,67%) e da PetroVictoria (40%), segundo a RIA Nôvosti.

Além disto, a Rosneft possui 100% das ações em projetos de desenvolvimento de gás offshore em Mejillones e Patao. A Rosneft também é proprietária de 100% da petrolífera Precision Drilling e 51% da Perforosven.

LEIA TAMBÉM: Ouro negro: como nasceu a indústria do petróleo russa

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies