Rússia concede empréstimo de 43 milhões de dólares a Cuba para compra de armamento

Vitali V. Kuzmín
Acordo dará novo impulso ao desenvolvimento do setor militar na ilha caribenha.

O acordo para a concessão de 43 milhões de dólares (160 milhões de reais) em crédito para Cuba já foi assinado e “passou por todos os procedimentos internos” do governo russo, informou o diretor do Serviço Federal para Cooperação Técnico-Militar, Dmítri Chugáiev, na terça-feira (5), em entrevista à agência de notícias Interfax.

O empréstimo será usado para a aquisição de maquinário militar russo.

“No geral, nosso acordo interparlamentar para cooperação técnico-militar remonta a 2006. Antes fornecíamos uma quantidade significativa de armas e equipamento militar, que também faziam parte da assistência técnico-militar. Trata-se tanto de aeronaves como carros blindados, e sistemas de defesa antiaérea e de artilharia, além de tecnologia marinha de fabricação russa. Atualmente a cooperação é realizada no âmbito do chamado programa de colaboração tecnológica”, declarou Chugáiev.

“Isso pressupõe, em primeiro lugar, a realização de projetos para o desenvolvimento do setor de defesa de Cuba. Essa colaboração tem caráter estratégico e permite que a longo prazo Cuba desenvolva seu complexo militar e industrial. E esse dinheiro do crédito estatal [...] será destinado justamente ao desenvolvimento da colaboração tecnológica e provisão de apoio técnico para a parte cubana”, acrescentou o diretor.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies