Rússia bate novo recorde histórico de reservas de ouro

Vladímir Velengurin
No início de 2019, as reservas de ouro do Banco Central da Rússia chegaram a 2.112 toneladas, o maior indicador de sua história, segundo o jornal Parlámentskaia Gazeta, publicação oficial da Assembleia Federal do país.

O valor total de reservas de ouro russas em 2019 ultrapassou os US$ 86,9 bilhões de dólares, ou seja, 13,4% a mais que no ano anterior.

O Banco Central russo está aumentando as reservas de ouro para minimizar riscos para a economia nacional. Em 2018, a instituição adquiriu cerca de 274 toneladas de ouro, ou seja, 22,2% a mais que em 2017.

A Rússia ultrapassou a China no ranking de volume de reservas de ouro e, hoje, ocupa o quinto lugar.

LEIA TAMBÉM: Após alteração de regras, pessoas comuns podem legalmente extrair ouro na Rússia

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies