Carros da Lada fazem sucesso em Cuba e no Chile após uma década fora do mercado

AvtoVAZ
Em seu relatório anual, a fabricante russa AvtoVAZ descreveu o retorno da marca aos dois países da América Latina como uma das principais conquistas de 2018.

De acordo com o relatório da AvtoVAZ, em 2018, a empresa russa aumentou as exportações de automóveis em até 57%, segundo a agência de notícias RIA Novosti. A companhia, que fez sucesso durante a União Soviética, destacou o retorno dos carros Lada ao Chile e a Cuba como uma das principais conquistas do ano passado.

Em maio de 2018, a AvtoVAZ retomou o fornecimento de modelos russos ao Chile após 20 anos de ausência no mercado local. Uma concessionária própria foi aberta em Santiago, e está a prevista a inauguração de outras três, de acordo com assessoria de imprensa da LADA. O objetivo era vender 400 carros no Chile ao longo do ano.

VEJA TAMBÉM: Os melhores cartazes soviéticos para vender carros

Outro país latino-americano que se beneficiará dos carros Lada é Cuba. A AvtoVAZ voltou a vender os carros para a ilha caribenha em janeiro de 2018, quando 344 modelos Lada chegaram a Havana. O novo lote incluía 320 Lada Vesta e 24 Lada Largus Cross, que já estão nas mãos da companhia estatal Taxi Cuba.

Além disso, em outubro do ano passado, o vice-presidente da AvtoVAZ, Eduard Vainó, anunciou que planeja fornecer mais de 500 modelos Lada Vesta para Cuba, que serão usados ​​pela polícia, organizações estatais e táxis. O acordo correspondente, segundo o diretor, já foi assinado. Voinó destacou ainda que acordos estão sendo negociados também com Equador, Paraguai, Peru e Uruguai, segundo a TASS.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies