Cuba e Rússia assinam contratos de US$ 260 milhões

Jürgen Schwenkenbecher/Global Look Press
Empresas russas diversas participarão de projetos metalúrgicos, energéticos, infraestruturais e de transportes na ilha.

Empresas russas e cubanas assinaram contratos totalizando mais de US$ 260 milhões pela Comissão Intergovernamental Cuba-Rússia para colaboração econômico-comercial e técnico-científica, de acordo com o jornal econômico russo Vesti.


O vice-premiê russo Iúri Borisov declarou que as empresas russas participarão da modernização de três usinas de energia elétrica, que custará cerca de US$ 100 milhões, além da reconstrução de uma planta metalúrgica por cerca de US$ 60 milhões e o fornecimento de vagões no valor de US$ 100 milhões.

A corporação Rússkie Machíni assinou um contrato para o fornecimento de 837 vagões de carga para a empresa cubana Tradex.

Já a russa Inter RAO-Export assinou um contrato com a empresa cubana Energoimport para o financiamento do projeto de modernização de três unidades de geração de energia em Cuba. De acordo com o diretor-geral da empresa russa, Maksím Sergueev, a ajuda russa permitirá que Cuba aumente sua capacidade energética em 15%.

Segundo ele, as empresas pretendem modernizar até dez usinas de energia elétrica e construir quatro novas unidades. No total, o valor dos projetos energéticos é estimado em US$ 1,2 bilhão.

O vice-premiê russo Iúri Borisov declarou que a Rússia pretende assinar ainda mais contratos durante a próxima visita do presidente cubano Miguel Diaz-Canel à Rússia.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies