México inaugura centro de negócios em Moscou

Eye ubiquitous/Hutchison/Global Look Press
Instituição começou a operar na segunda passada (11), embora abertura oficial aconteça apenas em julho. Intercâmbio comercial entre países deve passar de 1,7 bilhão de dólares em 2017 para 2,5 bilhões de dólares neste ano.

O México abriu, na última segunda-feira (11), um centro de negócios e exposições no território do complexo agrícola Food City, em Moscou. O centro será inaugurado oficialmente em julho, mas já abriu as portas por ocasião da Copa do Mundo.

“É o mais importante projeto na história das relações comerciais entre México e Rússia, com a participação de diferentes estados e empresas privadas mexicanas”, declarou à imprensa russa o diretor-geral do espaço, Américo Alatorre.

O embaixador da Rússia no México, Eduard Malayán, destacou que o intercâmbio comercial entre os dois países deve superar os 2,5 bilhões de dólares até o final deste ano, contra 1,7 bilhão de dólares registrados em 2017.

Segundo o diplomata, esse acréscimo se deve, em grande parte, ao fato de que a Rússia estar comprando mais produtos agrícolas do México (principalmente frutas e legumes), e o México ter intensificado a importação de grãos russos.

Recentemente, um deputado russo propôs ao México abolir os vistos entre os dois países.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies