Investidores estrangeiros veem clima de negócios “mais favorável” na Rússia, mostra pesquisa

Getty Images
Feedback de empresários é tão positivo hoje quanto no período anterior à crise. Falta de pessoal qualificado e corrupção ainda são barreira.

Cada vez mais empresários estrangeiros que trabalham na Rússia estão vendo mudanças positivas no ambiente de negócios do país, de acordo com uma pesquisa recente da União Russa de Industriais e Empreendedores (RSPP), em conjunto com a FleishmanHillard Vanguard (do Orta Communications Group).

O levantamento demonstra que 33% dos investidores estrangeiros têm avaliações positivas do clima empresarial na Rússia – um aumento de 10% em relação a 2016.

Paralelamente, o número de pessoas que criticaram o estado atual de negócios no país e de feedback negativo caiu pela quase metade, de 53% em 2016 para 22% hoje.

“A avaliação do clima comercial da Rússia entre os investidores estrangeiros atingiu o nível de 2013, no período pré-crise”, explica Elena Fadeeva, diretora-geral da FleishmanHillard Vanguard e atual presidente do Orta Communications Group.

Entre os problemas principais destacados por investidores, e que dificultam a atividade comercial no país, foram citados escassez de pessoal qualificado (67%), corrupção na máquina estatal (56%) e barreiras administrativas (48%). A incerteza política – o ponto negativo mais mencionado desde a crise de 2014 – já não é mencionada como um fator primordial: apenas 14% dos entrevistados o classificaram entre os principais obstáculos para as empresas ao longo de 2017.

A economia do país cresceu 1,6% em 2017, e é esperado novo crescimento. Veja aqui 4 razões para investir na Rússia em 2018.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies