7 dicas para empreender na Rússia: conselhos de quem chegou ao topo

Legion Media
Desafios jurídicos e econômicos são barreiras para obter sucesso nos negócios no país. Alguns empresários, porém, conseguiram superá-las e dividem suas estratégias.

Leonid Mikhelson, coproprietário do produtor de gás natural Novatek e a pessoa mais rica da Rússia, com fortuna em 2017estimada em US$ 18,4 bilhões, de acordo com a revista “Forbes” 

“Tudo na vida está mudando constantemente, e não se pode administrar um negócio da maneira como era feito cinco, 10 ou 15 anos atrás. O ritmo e a rapidez da tomada de decisões crescem mais rapidamente, enquanto o meio ambiente e a indústria [setor de energia] estão se transformando rapidamente. Os princípios fundamentais, porém, permanecem os mesmos: nunca pare e siga em frente.” (Vêdomosti, 2011)

 Evguêni Kaspersky, CEO da fabricante de antivírus Kaspersky Lab

“Não tenha medo de cometer erros, não tenha medo de experimentar, não tenha medo de trabalhar duro. Talvez você não tenha sucesso, talvez as circunstâncias o impeçam de ter sucesso. Mas, se você não tentar, depois, você se arrependerá amargamente de não tentado. Se você tentar, existem dois possíveis resultados: sucesso ou falha. Mas, se você não tentar, então só haverá um resultado. Portanto, não tenha medo. Faça! Experimente! Trabalhe! Aprenda! Procure as pessoas certas para ajudá-lo. E acima de tudo – trabalhe.” (Delovidenie, 2012) 

Evguêni Davidovitch, presidente do B&N Bank e ex-presidente do revendedor de telefonia móvel Svyaznoy

“Eu não acredito naquelas pessoas que dizem que nunca cometem erros. A falha é parte inseparável da vitória. (...) Se você sempre ganha, você se afasta da realidade. A falha é um banho frio que é, às vezes, necessário para trazer sobriedade e se aproximar do seu objetivo.” (GQ, 2017)

Pável Durov, fundador do VK, a principal rede social da Rússia

“Concentração máxima e perseverança são qualidades-chave que definem o sucesso de uma pessoa na nossa era de informatização global. Somente uma pessoa que consegue se concentrar no trabalho, em vez de coisas menores, alcançará os resultados máximos. Pare de jogar no computador, navegar em redes sociais e sites sem qualquer propósito e sem saber o que exatamente está procurando.” (VK, 2017)

Andrêi Romanenko, fundador do gigante de pagamentos russo Qiwi e sócio-administrador do Run Capital Investment Fund

“Se você não tem sonhos, não está olhando para o futuro. É preciso ter planos para o futuro, dois ou cinco anos à frente. Sem isso, você pode enfrentar problemas – seja em termos de desenvolvimento pessoal ou nos negócios. Todos os anos, planeje dois ou três grandes acontecimentos. Mas, se não acontecerem, isso poderia bater como um fracasso moral. Portanto, é melhor planejar cinco ou seis desses acontecimentos, e, se dois ou três acontecerem, então já está ótimo.” (The Village, 2013)

Dmítri Grichin, cofundador e presidente do conselho administrativo do Mail.Ru Group

“No século 21, toda pessoa bem-sucedida tem que aprender constantemente. É necessário alimentar uma sensação de curiosidade dentro de si mesmo. Por exemplo, quando um novo modelo de carro é desenvolvido, sempre tento entender o que está por trás disso e explorar como isso aconteceu. As pessoas muitas vezes analisam as coisas de forma superficial, ‘ouvindo algo de alguém’. Na verdade, tudo o que acontece nos negócios e na tecnologia é resultado de uma variedade de tendências diferentes que se interligaram.” (GQ, 2017).

Serguêi Sarkisov, CEO da companhia de seguros RESO-Garantiya

“Os negócios são como esporte. Não é possível ter sucesso se você não praticar regularmente e aumentar a intensidade da carga. Isto aplica-se também às empresas. Se você não se entregar completamente, não conseguirá nada.” (GQ, 2017)

Fotos: Global Look Press; Maksim Blinov, Vitáli Beloussov, Vladimir Rodionov / RIA Nôvosti; Andrei Veselkov

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies