Como comprar um tanque soviético pelo preço de um carro esportivo

Tanque soviético T-62 é vendido a US$ 100 mil na Rússia

Tanque soviético T-62 é vendido a US$ 100 mil na Rússia

Global Look Press
Veículos de combate, como tanques e carros de transporte, podem ser comprados através de companhias especializadas em equipamentos militares. Até helicópteros e navios estão à venda, mas as restrições de importação podem ser complicadas.

Seja um lendário tanque T-34 ou T-72 ou veículos de infantaria das tropas da aeronáutica, muitos veículos militares soviéticos, hoje sem uso, estão à venda na Rússia, ex-repúblicas da URSS e Europa Oriental.

Nick Mead, um colecionador e dono da Tanks-A-Lot, uma oficina de restauração de tanques no Reino Unido, recentemente fez uma compra surpreendemente lucrativa.

Ele comprou no eBay um tanque iraquianoType 69, uma cópia chinesa do tanque médio soviético T-55. Mas a melhor parte estava escondida em um dos tanques de combustível: cinco barras de ouro. Nick acha que os soldados iraquianos provavelmente roubaram as barras durante a invasão do Kuwait, em 1990.

O eBay possui algumas restrições à venda de equipamento militar e armas, mas o site permite, por vezes, o comércio de equipamento militar fora de uso.

Veículos fora de uso à venda

O Ministério da Defesa da Rússia vende equipamento fora de uso em leilões e exibições, mas veículos blindados não estão nesta lista de ofertas. Normalmente os itens incluem veículos de transporte, jipes militares e até alguns barcos de pequeno porte.

Veículos blindados, como tanques e veículos de transporte de tropas, podem ser comprados através de empresas especializadas. Na Rússia a Associação de Veículos para Todos os Terrenos é um desses negócios. Eles oferecem o tanque T-72, o principal tanque usado pelo exército soviético, por US$ 400 mil. O lendário T-34 pode ser comprado por US$ 230 mil.

Uma outra empresa oferece o tanque T-62 por US$ 100 mil - mas se o cliente quiser ir mais alto ele pode comprar até um caça Su-17 ou um MiG-23.

Para comprar equipamentos militares soviéticos na Rússia o estrangeiro precisa de um certificado especial, comprovando que aquele item não possui valor cultural, segundo a Associação de Veículos para Todos os Terrenos, em entrevista à Gazeta Russa.

Além da Rússia, colecionadores podem encontrar equipamento militar à venda em ex-repúblicas soviéticas como a Ucrânia e Belarus.

Mas o melhor lugar para um comprador adquirir itens militares soviéticos ainda é a República Tcheca. Os países do Leste Europeu abrigaram muitas unidades soviéticas quando faziam parte do Pacto de Varsóvia.

Os maiores vendedores destas relíquias são o STV Group e o Mortar Investments, ambos em Praga. Eles oferecem tanques soviéticos, veículos de transporte e helicópteros de ataque. Além dos preços relativamente em conta (a partir de US$ 50 mil por um tanque T-72), os vendedores garantem a entrega em qualquer país da União Europeia…e até para os EUA. Neste caso o frete pode chegar a US$ 30 mil.   

Se o comprador quiser economizar ele pode comprar equipamentos em más condições e depois mandar restaurar. Mas apenas o conserto pode custar quase metade do valor total do veículo.

Para os interessados em manter um tanque na garagem, também vale lembrar que os custos para manter um veículo destes são bem elevados. O consumo médio de um T-72, por exemplo, é de até 450 litros de diesel...para rodar 100km.

Limites e Restrições

Agora à parte mais complicada: a burocracia. Quem pretende comprar um veículo militar deve saber que as limitações são muitas.

A primeira delas é “desmilitarizar” o veículo. Tanques, veículos de combate, aviões e helicópteros militares, nenhum deles pode ser usado para sua função original. O vendedor também precisa retirar todos os componentes militares do veículo antes de colocá-lo à venda.

Os veículos também não podem ser usados em vias públicas - e normalmente o motorista precisa ter uma permissão da polícia para trafegar, mesmo que em locais distantes do público.

Antes, porém, o comprador tem que preencher todas as exigências de importação para trazer o veículo para casa. Nos EUA é necessário preencher o formulário DLA 1822 em dla.mil. Então depois será necessário preencher o formulário DRMS 1645, para só então mandar os documentos ao Conselho de Segurança do Comércio e para o Serviço de Reutilização de Defesa e Marketing. Na Austrália é recomendado entrar em contato com o serviço de colecionadores de veículos militares.

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.