Cinema Soviético e Russo reestreia com dois filmes do épico “Guerra e Paz”, de Bondartchuk

Global Look Press
Mais fiel adaptação cinematográfica do clássico de Tolstói venceu o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1968, entre outros prêmios importantes.

Nesta sexta-feira (20) o CPC-UMES Filmes está retomando a programação do projeto “Cinema Soviético e Russo em Casa”, com novas exibições gratuitas no Youtube ao longo do segundo semestre. Para começar com chave de ouro, estão sendo disponibilizados neste fim de semana os primeiros dois filmes do épico “Guerra e Paz” (1965-67), de Serguêi Bondartchuk: “Guerra e Paz I – Andrei Bolkonsky” e “Guerra e Paz II – Natasha Rostova”.

Considerada a mais fiel adaptação cinematográfica do clássico de Tolstói, a obra de Bondartchuk retrata, em quatro partes, o confronto entre Napoleão Bonaparte e a Rússia, relacionando-o às vidas das famílias Bolkonsky, Rostov e Bezukhov. 

O que começa como um desastre para os russos termina, sete anos mais tarde, com uma reviravolta, à medida em que a união contra o inimigo comum dissolve o antagonismo entre aristocracia e campesinato.

Este longa de Bondartchuk venceu não somente o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1968, como o Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro em 1969, e o Grande Prêmio do 4º Festival Internacional de Cinema de Moscou 1965.

Ao longo do segundo semestre, serão exibidos 14 longas dos mais variados gêneros a partir de matrizes restauradas. Este é o segundo ano do “Cinema Soviético e Russo em Casa”, com a exibição gratuita de um filme russo por semana. O projeto foi desenvolvido pelo Centro Popular de Cultura da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de São Paulo (CPC-UMES), que distribui e comercializa no Brasil, em DVD e Blu-Ray, streaming, TV e cinema os filmes produzidos pelo Estúdio Mosfilm.

As exibições estão disponíveis aqui de sexta (20), às 19h00, até domingo (22), às 19h00.

LEIA TAMBÉM: Os 10 melhores livros russos sobre o período tsarista

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies