Roscosmos rodará filme na Estação Espacial Internacional

Canal de televisão Pêrvi Kanal
Rússia vai mandar atrizes para o espaço em uma nave Soiuz para filmagens concomitantes com as de Tom Cruise na ISS. Casting para protagonista, que está aberto, exige envio de vídeo com monólogo de Tatiana em ‘Eugênio Onéguin’, de Púchkin.

A agência espacial Roscosmos, juntamente com a TV federal russa Primeiro Canal e o estúdio de cinema Yellow, Black and White, rodará um longa de ficção na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês). Os castings para escolha do papel principal feminino já começaram, de acordo com informação da assessoria de imprensa da Roscosmos divulgada pelo jornal econômico RBC.

O filme recebeu o título temporário “O chamado” e deverá ser rodado em outubro de 2021. O diretor de “O chamado” será Klim Chipenko, que dirigiu o drama "Tekst" (2019, lançado em inglês como “Text”) e o filme russo que bateu recorde de bilheteria "Kholop" (2019, lançado em inglês como “The Serf”).

O roteiro do filme ainda está em andamento, mas já se definiu que os atores e a equipe de filmagem irão para a ISS na espaçonave russa Soiuz MS.

“Não é ficção científica, é uma versão muito realista do que pode acontecer em um futuro não muito distante. É um filme sobre uma pessoa que não está de forma alguma ligada à exploração espacial, mas devido às circunstâncias, fica sabendo que estará em órbita dentro de um mês e assim o faz. Só posso dizer isso”, anunciou Konstantin Ernst, diretor do Primeiro Canal.

Klim Chipenko

Já o chefe da Roscosmos, Dmítri Rogózin, disse que no segundo trimestre de 2021 a Rússia acoplará um novo módulo médico à ISS. Isso gerou suspeitas de que talvez as filmagens ocorram ali.

O papel principal de “O chamado” será interpretado por uma mulher e a busca pela corajosa atriz que estará na pele da protagonista já começou.

“Buscamos uma mulher que possa interpretar o papel na Terra e, depois, aguentar o mais duro treinamento, voar para o espaço e lá, na ausência de gravidade, também resolver as mais complicadas tarefas de filmagem”, disse Aleksêi Trotsiuk, diretor da produtora Yellow, Black and White.

Mulheres de 25 a 45 anos de idade, com cidadania russa e conhecimentos básicos de inglês poderão participar do casting. As atrizes deverão ter pelo menos 1,5 metros de altura (mas não mais que 1,8 m) e de 50 a 75 quilos, além de perímetro torácico de até 112 cm.

Além disso, elas devem ter habilidades para representar, ensino superior, boa saúde e boa forma física. Para participar da competição, é preciso gravar um vídeo com o monólogo da personagem Tatiana do romance em versos “Eugenio Onegin”, de Aleksandr Púchkin e enviar o vídeo para o site oficial da seleção.

A comissão selecionará 30 finalistas, que passarão por verificação de saúde, estado psiológico e físico. As candidatas terão de correr 1 quilômetro de cross, ser aprovadas em natação, mergulho, shuttle run, curvar-se para a frente de pé sobre em um banco e passar em um teste de equilíbrio.

As candidatas selecionadas serão matriculadas na Escola de Cosmonautas e treinadas por três meses para o voo ao espaço. Como resultado, a comissão selecionará duas vencedoras: uma fará o papel principal e a outra será sua substituta, de acordo com o site de casting do Primeiro Canal.

As filmagens de “O chamado” acontecerão lado a lado com uma equipe de filmagem dos Estados Unidos que também está trabalhando em seu primeiro blockbuster no espaço. A tripulação norte-americana deverá chegar à ISS em outubro de 2021 na nave Crew Dragon e será dirigida por Doug Lyman, produtor de uma série de filmes sobre Jason Bourne e diretor de “A identidade Bourne”. O papel principal estará a cargo de Tom Cruise.

O diretor de “O chamado”, Klim Chipenko, já anunciou que está pronto a ajudar Tom Cruise durante o processo de filmagem.

“Acho que a equipe de filmagem norte-americana terá duas pessoas, e não 25. E esses dois também precisarão do nosso apoio, tanto apoio físico imediato, como ajuda com as filmagens e apoio moral e emocional. Não tenho dúvidas de que Tom Cruise precisará de ajuda e estamos prontos para auxiliá-lo”, disse Chipenko.

 

LEIA TAMBÉM: Por que os astronautas se chamam cosmonautas na Rússia?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies