Como será o superporta-aviões nuclear ‘Shtorm’ desenvolvido para a Marinha Russa

Artem Tkatchenko
Vídeo traz imagens do interior e funcionamento de embarcação multifuncional com 330 metros de comprimento. 

O projeto, de acordo com o site arms-expo.ru, tem um deslocamento de 90.000 a 100.000 toneladas, 330 metros de comprimento, uma viga de 40 metros na linha d’água e um calado de 11 metros. A velocidade máxima estimada é de 30 nós, podendo transportar um grupo aéreo de 90 aeronaves. Para tanto, conta com duas rampas e duas catapultas eletromagnéticas, além de sistemas de mísseis superfície-ar e antitorpedo para sua defesa.

A aviação a bordo do ‘Shtorm’ é composta principalmente por caças MiG-29K e uma versão marítima da aeronave de quinta geração T-50. E embora a aviação marítima já tenha recebido alguns caças MiG e até mesmo os tenha testado na Síria, por enquanto, sua versão marítima ainda não saiu do papel.

Versão para Marinha russa de um MiG-29, o MiG-29K, na MAKS 2005

De acordo com especialistas, a criação do porta-aviões Shtorm custará ao orçamento do governo entre 350 bilhões e 1 trilhão de rublos (entre 6,15 bilhões e 17,5 bilhões de dólares norte-americanos), dependendo do equipamento do navio.

LEIA TAMBÉM: Por que os compradores estão fazendo fila para o caça a jato leve russo “Checkmate”?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies