Os 5 melhores helicópteros russos de todos os tempos

O Russia Beyond compila uma lista das aeronaves militares e civis mais bem-sucedidas na história da aviação russa na categoria.
  1. Mi-24 "Crocodilo"
Mi-24

O Mi-24 é um helicóptero de grande porte produzido pela fábrica Mil, na capital russa. O protótipo deste lendário helicóptero surgiu em 1971. Curiosamente, os inventores soviéticos imaginaram esta máquina como um híbrido entre helicóptero e veículo de infantaria. O blindado Mi-24  tinha espaço para levar  infantaria e até oito militares ao campo de batalha. Ainda assim, na realidade, as operações de pouso da infantaria eram raras e o helicóptero era usado com mais frequência para atacar as forças inimigas.

Apelidado de "tanque voador" pelos pilotos, ele é conhecido como "Hind” nos países da Otan e também foi apelidado não oficialmente de "crocodilo" por sua semelhança visual com o réptil.

O helicóptero foi usado em inúmeros conflitos militares mundo afora e também se tornou um dos símbolos mais conhecidos da guerra soviética no Afeganistão.

O Mi-24 tem muitas modificações, entre elas, as versões para exportação Mi-25 e Mi-35.

Por incrível que pareça, houve episódios em que aeronaves Mi-24, projetadas sobretudo para destruir tropas e equipamento militar, conseguiram abater caças supersônicos.

O Mi-24 bateu o recorde mundial de velocidade absoluta para helicópteros, com 368,4 km/h. Além disso, o rápido e manobrável “crocodilo” salvou mais de mil vidas, motivo pelo qual os veteranos da guerra do Afeganistão preferem chamá-lo de “andorinha”.  

Leia mais sobre o Mi-24 em: 6 curiosidades sobre os helicópteros Mi-24 na América Latina

  1. Mi-28 "Caçador Noturno"
Mi-28

O primeiro helicóptero Mi-28 foi construído em 1987. Concebido como um helicóptero de destruição de alvo blindados, a aeronave pode operar em todas as condições meteorológicas durante a noite e foi apelidado de "Caçador Noturno". Ao contrário do Mi-24, ele não tem espaço para transportar infantaria e pode acomodar apenas um piloto e um artilheiro. O helicóptero é armado com um canhão automático M230 de 30mm (munição de 1.200 cargas, cadência de tiro de 625 disparos por minuto), mísseis ar-ar AIM-9 e AIM-92, míssil ar-superfície AIM-114 e foguetes não guiados Hydra-70.

O helicóptero foi exportado para Quênia, Argélia, Índia, Iraque e Venezuela.

  1. Ka-52 "Alligator"
Ka-52.

O helicóptero Ka-52 é uma modernização do famoso Ka-50 "Tubarão Negro". Inicialmente com apenas um lugar, o helicóptero passou a ter dois lugares, o que aumentou sua funcionalidade.

O Alligator faz no ar aquilo que outros helicópteros da sua classe nem sonham em fazer, como, por exemplo, voar para trás ou fazer um “funil” – ficar voando em torno de um ponto de mira, com o nariz, cheio com seus sistemas de armas, constantemente dirigido para ele.

Sua produção em série começou em 2008 e ele é armado com o mesmo canhão automático que o Mi-28 "Caçador Noturno".

O helicóptero é feito no esquema coaxial (quando duas hélices giram em direções opostas uma da outra e não existe hélice na cauda). O livro Guinness dos recordes reconhece o Ka-52 "Alligator" como o melhor helicóptero de combate do mundo.

  1. Mi-8
Mi-8.

Esse helicóptero de turbina dupla é maior que os helicópteros anteriores desta lista. O Mi-8 é um helicóptero de transporte, mas é usado tanto para operações civis quanto de combate. O Mi-8 pode servir como posto de comando voador ou como aeronave de reconhecimento.

Criado há mais de meio século, este helicóptero fez tanto sucesso que até hoje continua sendo o modelo de helicóptero de fabricação russa mais produzido e mais exportado. Na Rússia e no exterior existem inúmeras modificações do helicóptero, cada uma projetada para fins civis ou militares específicos: operações de busca e resgate, colocação de minas, transporte de carga etc.

Este helicóptero esteve presente em diversos conflitos militares, incluindo o do Afeganistão, da Tchetchênia e outros no Oriente Médio, e está em uso nas forças armadas de 50 países. Por sua confiabilidade, infalibilidade e excelência técnica foi apelidado pelos pilotos russos de “Bela Vassilissa”.

  1. Mi-26
Mi-26.

Desenvolvido em 1980, este helicóptero de múltiplas funções é produzido até hoje tanto para operações civis quanto militares e é o maior helicóptero produzido em série, suplantando substituiu o Mi-6, que era o maior helicóptero do mundo. Seu principal objetivo é transportar carga pesada. Em comparação com seu antecessor, o novo Mi-26 tem o dobro do espaço da cabine e carga útil de até 20 toneladas.

Por suas dimensões impressionantes, o Mi-26 foi apelidado pelos pilotos de “vaca voadora”. Mesmo lado a lado com um Boeing 737, esse helicóptero o supera em dimensões. A área total coberta pelas hélices do Mi-26 ultrapassa 800 metros e a altura do aparelho corresponde a um prédio de três andares.

O Mi-26 esteve na Somália, Camboja, Indonésia e atuou na ex-Iugoslávia, como parte das operações de manutenção de paz da ONU.

Leia mais sobre o Mi-26 em: 10 curiosidades sobre o helicóptero gigante russo que leva mamutes congelados

LEIA TAMBÉM: Quais navios soviéticos defendem Cuba até hoje? (FOTOS)

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies