Rússia celebra 75º Dia da Vitória (FOTOS)

Bai Xueqi/Xinhua/Global Look Press
A capital russa Moscou exibiu seu poder militar em terra e nos céus.

O ministro da Defesa russo, Serguêi Choigu, dirigiu, como em anos anteriores, ao lado das tropas que precederam milhares de soldados em marcha pela Praça Vermelha e pelas ruas da capital.

Mais de 13 mil soldados, exibiram mais de 200 equipamentos militares pelas ruas do centro de Moscou e da Praça Vermelha na última quarta-feira (24 de junho), enquanto a Rússia celebrava o 75º aniversário do fim da Grande Guerra Patriótica (como é chamada sua participação na Segunda Guerra Mundial).

Entre os militares russos, é considerado uma honra se tornar um membro de desfiles militares em datas simbólicas. Cada soldado que marcha na Praça Vermelha nessa data recebe uma medalha, férias de uma semana e até bônus adicionais.

As moças que defendem a Pátria também se uniram às tropas regulares na Praça Vermelha. Havia cerca de 400 militares mulheres marchando ao lado de homens da Rússia e de todo o mundo, acompanhados pelos últimos lançamentos em veículos militares da Rússia.

Os convidados vindos do exterior eram tropas da Índia, China, Sérvia e Mongólia, ao lado de uma grande variedade de nações que no passado compunham a União Soviética e marcharam pela Praça Vermelha ao lado dos soldados russos.

O T-34, um tanque lendário que virou o jogo na Grande Guerra Patriótica, tradicionalmente abre o desfile. O turista em Moscou que quiser pode ver essas máquinas de batalha retrô e totalmente operacionais (e até passear um pouco nelas) no Parque Patriot, nos subúrbios de Moscou.

Sob o sugestivo nome “Exterminador”, a unidade de suporte de tanques pesados ​​é armada com canhões duplos de 30 mm, quatro mísseis, lançadores de granadas e metralhadoras. Esta máquina virou uma sensação instantânea assim que surgiu no exército russo, devido ao seu poder de fogo impossível de se parar e à capacidade de virar o jogo instantaneamente em batalha.

Um dos maiores aviões de alerta e controle aéreo (AWACS) do mundo, o A-50, também se juntou ao show aéreo do desfile.

Helicópteros de batalha junto com outros de transporte sobrevoaram, como já é tradição, os prédios de Moscou para serem vistos de perto pelos moscovitas. No total, 75 aviões e helicópteros participaram de desfile em Moscou.

A equipe acrobática dos Cavaleiros Russos desenhou as três cores da bandeira russa nos céus moscovitas, como é tradição, simbolizando o fim do desfile militar.

Clique aqui para descobrir quais novos veículos militares estrearam para o mundo no desfile militar de 24 de junho de 2020 na Praça Vermelha!

Você sabe porque o dia escolhido para a Parada da Vitória neste ano foi 24 de junho? Clique aqui para descobrir!

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies