Tudo sobre o PAK DA, bombardeiro furtivo de sexta geração

Protótipo não oficial de bombardeiro PAK DA.

Protótipo não oficial de bombardeiro PAK DA.

Screenshot PowerRossiya/YouTube
As Forças Aéreas da Rússia começarão a substituir os bombardeiros Tu-160, Tu-22M3 e Tu-95 com os novos PAK DA já em 2021.

A United Aircraft Corporation começou a montagem do novo avião bombardeiro furtivo de sexta geração PAK DA, segundo o jornal estatal russo Rossiyskaya Gazeta.

O trabalho está sendo realizado como parte do programa estatal “Complexo de Aviação do Futuro”.

A empresa já recebeu todos os materiais necessários para a construção do avião e começou a montagem da cabine da aeronave.

O vice-ministro da Defesa russo, Aleksêi Krivorutchko, já havia confirmado que o projeto conceitual da aeronave tinha sido aprovado. Segundo a Rossiyskaya Gazeta, o avião PAK DA será entregue às Forças Aéreas da Rússia em 2021.

O novo avião de combate desenvolvido pela United Aircraft Corporation e pelo escritório de engenharia Túpolev, substituirá os atuais bombardeiros operacionais estratégicos Tu-22-3M, Tu-95 e Tu-160.  

A aeronave será construída em forma de “asa voadora”. Este tipo de veículo não possui cauda e a fuselagem será achatada e reduzida verticalmente. Assim, toda ela possuirá função de asa, e, dentro dela, ficarão alojados a tripulação e o armamento.

O PAK DA poderá voar a velocidades subsônicas, de até 1.190 km/h, ou seja, significativamente menor que a velocidade do bombardeiro estratégico atual Tu-160, que atinge até 2.200 km/h.

“Os bombardeiros estratégicos da geração anterior, como o Tu-160, foram criados para romper o sistema de defesa aérea do inimigo. Graças a sua velocidade supersônica e às características de voo, eles podem subir para a estratosfera e, assim, evitar os caças e lançar bombas sobre o território inimigo. A aeronave da nova geração PAK DA poderá disparar mísseis nucleares sem sair do espaço aéreo da Rússia", explica o professor da Academia das Ciências Militares da Rússia, Vadim Koziúlin.

As Forças Aéreas da Rússia já receberam novos mísseis de longo alcance Kh-555 e Kh-101, que podem voar a uma distância de até 5.000 km. Assim, não há mais necessidade de bombardeiros de longa distância.


Segundo Koziúlin, o PAK DA poderá levar até 40 toneladas de armamentos, como a maioria dos modernos bombardeiros estratégicos. "Ele terá todos os tipos de bombas nucleares e convencionais", disse.

A tecnologia “stealth” também será amplamente utilizada na construção da máquina. O novo bombardeiro terá formas angulares, com linhas irregulares para dissipar os sinais de detecção dos radares inimigos.  

O PAK DA poderá voar durante 30 horas sem reabastecer.

LEIA TAMBÉM: 10 curiosidades sobre o helicóptero gigante russo que leva mamutes congelados

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies