Congelado a -50°C, fuzil Kalashnikov continua disparando normalmente

kalashnikov.media
Famoso rifle russo foi submetido a duros testes e conseguiu superá-los com sucesso.

Os fuzis de assalto Kalashnikov continuam a disparar mesmo depois de serem congelados a uma temperatura de -50°C. As informações foram divulgadas pelo jornal “Rossiyskaya Gazeta” após uma nova série de testes com a arma.

Durante o recente experimento, o fuzil foi preenchido com farinha e água, antes de ser congelado para verificar sua capacidade de atirar em situações adversas.

A assessoria de imprensa do consórcio Kalashnikov publicou um vídeo em que é possível ver como o fuzil é submetido a diferentes testes – e severos.

Em um deles, o consultor técnico Vladímir Onokoi coloca um rifle carregado dentro do freezer. Depois de um tempo, Onokoi retira o fuzil do congelador e mostra que a arma continua disparando normalmente.

VEJA TAMBÉM: Para dirigir a 50 graus Celsius negativos, russos chegam até ‘vestir’ carros 

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies