6 motos russas que são páreo para qualquer Harley-Davidson

Vitaliy Ankov/Sputnik
Quase todas as motocicletas Ural recém-fabricadas são exportadas para EUA, Canadá e Europa. E sua lista de fãs inclui até mesmo o astro Brad Pitt.

1. IZH

Uma das primeiras motos da União Soviética, a IZH remonta ao final da década de 1920. Desde então, dezenas de modelos IZH foram produzidos, com um número total próximo a 11 milhões.

Um dos modelos de maior sucesso foi o IZH Planeta Sport. A primeira moto esportiva soviética foi exportada para o Reino Unido e Holanda, onde era bem requisitada.

Em 2008, a produção de motocicletas IZH na fábrica IZHmoto cessou. Atualmente, as motos IZH são produzidas pelo Consórcio Kalashnikov, que, em breve, lançará um novo modelo: uma moto pesada de escolta para uso em comboios presidenciais. Terá velocidade máxima de 200 km/h, sendo capaz de atingir 100 km/h em 3,5 segundos.

2. Voskhod

Nos tempos soviéticos, as motocicletas Voskhod eram basicamente usadas como burros de carga nas áreas rurais. Ainda hoje, Voskhods em boas condições podem ser encontradas em algumas aldeias remotas.

3. Tula

Fabricada pela primeira vez em 1984, a Tula se tornou a primeira moto off-road soviética e sucesso instantâneo entre os entusiastas da caça e da pesca. No entanto, o modelo não sobreviveu aos anos 1990, e sua produção foi interrompida em 1996.

4. Ural

As lendárias motos Urais, também da época soviética, são usadas ainda hoje. É um dos poucos modelos pesados do mundo e, como tal, desfruta de enorme popularidade no Ocidente. O ator de Hollywood Brad Pitt, por exemplo, é um fã dedicado.

Na URSS, as Urais pesadas tinham que ter um carro lateral; caso contrário, eram muito difíceis de controlar. Porém, esse requisito não se aplicava aos policiais, que podiam optar por usar um carro lateral ou não.

5. Stels

O grupo VELOMOTORS é um dos maiores fabricantes de quadriciclos, motos de neve e bicicletas da Europa. Agora planeja ocupar um nicho considerável do mercado de motos, com sua linha Stels já ostentando 15 modelos.

6. Irbis

Fundada em 2001 em Vladivostok, no Extremo Oriente da Rússia, a jovem empresa Irbis logo se tornou uma das líderes do mercado russo de motocicletas. Seus modelos de baixa manutenção, bem adaptados ao clima rigoroso do país, já apresentam séria concorrência às marcas nacionais e estrangeiras.

Recentemente, a força policial de Moscou recebeu também o primeiro lote com 30 motos elétricas “IG Pulsar”. Produzidos pelo Consórcio Kalashnikov, esses veículos não poluem o meio ambiente, entre outras vantagens.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies