Segundo protótipo do MC-21 realiza teste de voo

Irkut Corporation
Primeiros modelos do rival russo do Boeing 737 e do Airbus A320 devem entrar em funcionamento a partir de 2019.

No último sábado (12), o segundo protótipo do avião de passageiros russo MC-21-300 realizou um teste de voo na região de Irkutsk (5,5 mil quilômetros a leste de Moscou)

O MC-21-300 é a maior aeronave da nova família de aviões comerciais russos. Tem capacidade para 211 passageiros e autonomia de voo de até 6.400 km.

Durante o voo, que durou 67 minutos, a aeronave chegou a 3 mil metros de altura e atingiu uma velocidade de 400 km/h. Os pilotos realizaram testes de estabilidade e controle em diferentes configurações de asa com trens de pouso retráteis e extensíveis, segundo o comunicado do fabricante.

Segundo o ministro da Indústria e Comércio da Rússia, Denís Manturov, três aeronaves MC-21-300 estão participando do programa de testes: dois aviões realizam testes de voo e o terceiro passa por controles estáticos. "Além disso, o fabricante está construindo mais três aeronaves de teste", disse o ministro.

Além de concorrer com os aviões comerciais da Boeing e da Airbus, o MC-21 também deverá substituir os antigos modelos Tupolev Tu-134 e Tu-154.

O portfólio atual de pedidos de MC-21 é de 285 aviões. O principal cliente é a companhia aérea russa Aeroflot, que assinou contrato para compra de 50 novos aviões desse modelo para integrar sua frota.

Sabia que as aeronaves russas ganharam pintura especial na fuselagem neste ano? Leia aqui!

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais