Rússia desenvolverá nova versão de pequeno porte do Sukhôi Superjet-100

Leonid Faerberg / Transport-Photo Images/Global Look Press
Novo SSJ-100 será usado por militares, forças de segurança e também por uma companhia aérea russa.

O Ministério da Indústria e Comércio deverá desenvolver uma nova versão do avião comercial civil Sukhôi Superjet (SSJ-100) que custará R$ 4,9 bilhões. A produção da aeronave ganhou apoio do presidente russo Vladimir Putin, segundo declarou ao jornal Kommersant uma fonte da administração presidencial que não quis ser identificada.

Segundo a fonte, o novo avião será menor, com apenas 75 assentos, e construído com um mínimo de componentes importados. - para tanto, até mesmo os motores poderão ser substituídos.. Ele também terá um alcance de voo de até 2,5 mil quilômetros.

Dez novos aviões serão entregues ao Esquadrão de Voo Especial (SLO, na sigla em russo), responsável pelo transporte dos chefes de Estado no país.

Outros 30 aviões serão construídos pelo programa de rearmamento do Ministério da Defesa russo, que precisa substituir os desatualizados Tu-134.

O Ministério e o SLO não podem comprar SSJ-100 maiores devido ao grande número de componentes importados e às dificuldades com a manutenção pós-venda.

Segundo estimativas do fabricante dos aviões Sukhôi, a demanda pelas novas aeronaves com 75 assentos pode atingir de 200 a 300 unidades na Rússia e até 3 mil no exterior.

Os nomes dos potenciais clientes ainda são desconhecidos, mas duas fontes do jornal Kommersant afirmaram que companhia aérea russa S7 estaria interessada na aquisição de 75 novos aviões SSJ-100.

Hoje, a S7 desenvolve um programa de voos inter-regionais em cooperação com a brasileira Embraer, que já forneceu seus Embraer 170 com 78 assentos à Rússia.

Segundo os porta-vozes da Sukhôi, a nova versão do SSJ-100 deverá estar no mercado no final de 2022, mas os especialistas entrevistados pelo jornal Kommersant afirmam que a previsão é otimista demais.

Para eles, a construção dos primeiros protótipos do SSJ-100 de pequeno porte levará no mínimo oito anos.

Quer saber mais sobre a indústria aeronáutica russa? Então leia “Rússia criará aeronave civil supersônica baseada em bombardeiro nuclear”.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies