Google revela 6 tendências curiosas da internet na Rússia

Getty Images
Idade avançada de grande parte dos usuários e quantidade de russos que só veem TV enquanto usam a rede foram fatores-surpresa de levantamento.

Análise dos hábitos cotidianos dos russos na internet, desenvolvida pelo Google em parceria com a consultoria de pesquisas Kantar TNS, revelaram dados inesperados.

Internautas russos são mais velhos do que se pensa

De acordo com a pesquisa, 73% dos russos que utilizam a internet todos os dias possuem mais de 55 anos. Além disso, um em cada dez internautas tem mais de 65 anos. Enquanto os mais velhos usam a rede para buscar informações e ter uma experiência nova, os jovens até 24 anos geram conteúdo mais ativamente. Pessoas com idade entre 25 e 34 geralmente procuram informações e entretenimento.

Grudados a seus smartphones 

Essa tendência global não passou batida pela Rússia, e o número de usuários de dispositivos móveis no país cresce a cada ano. Hoje, 61% dos russos navegam na internet pelo smartphone. Além disso, 53% dos russos usam motores de busca e 42% assistem a vídeos de seus smartphones com a mesma frequência de laptops. Fato interessante: se demorar mais de três segundos para abrir uma página, 53% dos russos irão abandoná-la. Se demorar cinco segundos, 90% desistem e procuram outra coisa.

Cada vez mais engenhocas

Ter um laptop e um telefone já não é suficiente para grande parte dos russos. Em média, cada russo possui 2,4 gadgets associados a internet – que vão desde relógios inteligentes e óculos de realidade virtual a smart TVs e outros dispositivos.

Russos usam internet enquanto assistem a TV

Um terço dos russos prefere assistir a vídeos na internet, enquanto 35% costumam vê-los em qualquer plataforma. Um dos principais desafios enfrentados pela TV tradicional é capturar a atenção dos telespectadores. E os números não são favoráveis: 70% dos russos de 16 a 24 anos só ligam a TV enquanto navegam ativamente na rede.

Vantagem sem privacidade

Metade de todos os russos concordam que a rede oferece mais oportunidades do que riscos. Porém, 81% dos usuários de internet na Rússia demonstram preocupação com privacidade e confidencialidade de seus dados na web.

Quem precisa de assistentes digitais?

Apenas 50% dos russos já ouviram falar de ‘assistentes digitais’ (como Alexa e Siri, por exemplo) e apenas 4% os usam – independentemente da idade dos entrevistados.

Conheça 4 russos que valem a pena seguir no Instagram.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais
Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.