7 locais ASSUSTADORES na Rússia (FOTOS)

an abandoned lighthouse on Cape Aniva Sakhalin Island

an abandoned lighthouse on Cape Aniva Sakhalin Island

Legion Media
Eles costumavam ser habitados, mas algo afastou seus moradores.

1. Campo de pioneiros ‘Drujba’, Região de Moscou

Existem muitos campos de pioneiros abandonados na Rússia, mas este se destaca por dois motivos. Por um lado, este ex-campo soviético para crianças tem um abrigo antiaéreo que agora também está abandonado: uma enorme construção subterrânea deixada sem qualquer supervisão. Como se isso não fosse o bastante, há todo um complexo de estátuas na floresta perto do acampamento. As figuras de pedra dos pioneiros estão cobertas de musgo e assumem um aspecto particularmente sinistro em meio às árvores e edifícios dilapidados.

2. ‘Cidade dos Mortos’, República da Ossétia do Norte-Alânia

Monumento medieval em vilarejo da Ossétia Do Norte

Na República da Ossétia do Norte-Alânia, no Cáucaso do Norte, encontra-se a chamada ‘Cidade dos Mortos’. Esta necrópole gigante está situada em um vale montanhoso de difícil acesso. É um local de descanso para mais de 10 mil pessoas.

Os visitantes encontram ali corpos mumificados em criptas antigas que datam do século 14 ao 18. Apesar da idade avançada, alguns dos corpos ainda possuem carne até hoje.

3. Kadiktchan, Região de Magadan

Vista aérea da cidade fantasma de Kadiktchan, Kolimá, na região de Magadan

Esta é uma cidade fantasma em um dos locais mais remotos de toda a Rússia. O vilarejo foi construído por prisioneiros do Gulag - o que já seria um fato assustador por si só. Naquela época, o objetivo principal do assentamento era a extração de carvão: os trabalhadores passavam dias a fio no subsolo em busca de carvão e, muitas vezes ilegalmente, ouro.

O vilarejo foi fundado na década de 1940, mas, quando a União Soviética se desintegrou, restavam apenas alguns milhares de moradores.

Uma explosão em uma das minas em 1996 deixou seis trabalhadores mortos, e o governo decidiu fechar a estrutura e ofereceu subsídio aos residentes para se mudarem. Alguns dos edifícios foram implodidos, enquanto outros permaneceram abandonados. Embora o assentamento tenha sido declarado despovoado em 2010, os raríssimos viajantes à região relataram ter avistado alguns locais que teimosamente se recusam a deixar sua terra.

4. Iukon, Anadir

Tchukotka

Iukon é o nome de uma estação troposférica abandonada a 10 quilômetros de Anadir. Largadas no meio do nada, as antigas antenas enferrujadas parecem tão sinistras de longe quanto de perto.

À medida que a comunicação móvel e a tecnologia de satélite foram se desenvolvendo, a estação, que dava suporte ao trabalho de um telecentro local, tornou-se obsoleta e foi completamente abandonada logo em 2003. Restos de equipamentos enferrujados espalhados ao redor da colina vazia conferem a este local um toque distintamente estranho. 

5. Farol, Cabo Aniva, Sacalina

O Cabo Aniva é um dos locais mais pitorescos da Rússia, mas sua atração principal - o farol abandonado - também é um dos mais assustadores de todos.

O farol está fincado em uma rocha isolada pelo oceano. Nevoeiros frequentes e fortes correntes marítimas isolam esta grotesca estrutura de concreto do continente, tornando-a bastante inacessível. O que se passa dentro do antigo farol abandonado quando cai a noite é um mistério...

6. Bunker-42, Moscou

É difícil criar um abrigo subterrâneo bem no centro de Moscou e evitar publicidade indesejada ao mesmo tempo. No entanto, não havia nada impossível para a liderança soviética durante os primeiros anos da Guerra Fria. 

Este bunker foi projetado para resistir a um ataque nuclear direto contra Moscou. Consequentemente, a estrutura de aço fica a uma profundidade de 65 metros abaixo do solo.

LEIA MAIS: Os 5 bunkers mais interessantes (e ultrassecretos) da Rússia 

O ambiente interno é assustador o suficiente, já que paredes grossas parecem se fechar sobre os visitantes. Porém, uma demonstração encenada de um ataque nuclear retaliatório contra os EUA, que seria ordenado do bunker pelos poucos oficiais sobreviventes da cidade arrasada - ou mesmo sem qualquer interferência humana - é capaz de provocar uma boa dose de medo até mesmo naqueles que não são facilmente impressionáveis.

7. Elevador de grãos, Tcheliabinsk

Esta torre foi construída no início do século 20 nos arredores de Tcheliabinsk, mas, como esta cidade siberiana se expandiu, a estrutura passou a estar localizada bem no centro.

Hoje, o elevador de grãos abandonado atrai visitantes, pois é frequentemente citado como um dos lugares mais assombrados da Rússia. Na realidade, porém, a torre abandonada é mais perigosa do que macabra: está cercada por oficinas de conserto de automóveis, o interior e o exterior estão desmoronando e um turista desavisado pode acabar se ferindo.

LEIA TAMBÉM: ‘Duga’, o radar aéreo gigantesco abandonado perto de Chernobyl

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies