As fontes mais bonitas de São Petersburgo (FOTOS)

Getty Images
A cidade e seus arredores têm quase 100 fontes a pleno vapor. Mas escolher as principais, desde suntuosas fontes antigas até as modernas, não foi nada fácil.

1. Fonte da Pirâmide no Jardim de Verão

O Jardim de Verão é onde começa a história de São Petersburgo como “cidade das fontes”. As primeiras fontes foram construídas ali por ordem de Pedro, o Grande, em 1705, e várias delas foram restauradas na atualidade. A Fonte da Pirâmide, construída em 1724 e renovada em 2010, está na via principal do parque. Dê uma olhada mais de perto e você verá que os jatos de água que saem dessa fonte formam uma espécie de pirâmide.

2. Fonte Coroa no Jardim de Verão

Projetada em 1725, esta fonte adornava uma das entradas do Jardim de Verão. O projeto arquitetônico previa que os jatos de água criassem uma composição em forma de coroa. Mas a fonte original não durou muito, e acabou destruída durante uma enchente, em 1777. Ela foi, porém, reconstruída em 2010 com base em desenhos e pinturas antigos.

3. Fonte do Parque Aleksandr

Uma das fontes mais amadas de São Petersburgo fica no Edifício do Almirantado. Ela foi instalado ali em 1879 e, até recentemente, era considerada a mais impressionante da cidade, pois seus jatos de água chegam aos 17 metros de altura.

4. Fonte Ômega no Calçadão Pesotchnaia

Esta fonte fora do comum, que usa alta tecnologia e tem o formato de uma letra grega foi construída no início dos anos 2000. A letra Ômega, de sete metros de altura, está inclinada em um ângulo de 45 graus, e seus jatos de água caem em uma enorme bacia. A fonte é iluminada à noite.

5. Fontes Cantoras da Estação de Trem Finlândia

O complexo de fontes de luz e som do lado de fora da Estação Ferroviária Finlândia foi inaugurado em 2005. As apresentações ocorrem ali todas as noites. O compositor local Serguêi Banevitch escreveu um acompanhamento musical exclusivo para as fontes, composto por 13 partes que contam a história da cidade.

6. Cascata da Esfera Giratória

Esta fonte extraordinária em forma de bola de granito fica na rua mais curta de São Petersburgo, a Málaia Sadovaia. O movimento da água nela cria um efeito de rotação com uma mini-cascata de água corrente. Segundo os engenheiros que a desenharam, a fonte tem como objetivo lembrar as pessoas do fluxo do tempo, que não podemos deter. Os moradores da cidade já criaram uma nova tradição com o monumento: se você tocar na bola e fizer um desejo, com certeza ele se tornará realidade.

7. Fonte Dançante em Kronstadt

Esta fonte musical, também conhecida como "Fonte Cantante", fica no centro de exposições Gostíni Dvor e foi instalada em 2004 para marcar o 300º aniversário de Kronstadt. Sua bacia tem a forma de um forte que marcou o início da história da cidade. Durante apresentações musicais, os jatos de água mudam de altura em uma ordem especial, fazendo um tipo de dança.

8. Grande Cascata, em Petergof

Os jardins inferiores do Petergof (também grafado como “Peterhof”) - a residência de Pedro, o Grande construída no início do século 18 "para apagar Versalhes" - tem um grupo de fontes incrivelmente belas e originais que são ricamente adornadas com detalhes dourados e esculturas.

A Grande Cascata é um dos maiores complexos de fontes do mundo e, naturalmente, é considerada o principal grupo de fontes. É composta por mais de 60 fontes situadas em diversos níveis. Uma das fontes, construída em 1735, retrata Sansão lutando com o leão, e chama enorme atenção. A composição marcou o 25º aniversário da Batalha de Poltava, decisiva na Grande Guerra do Norte entre a Rússia e a Suécia (1700-1721).

9. Casacata Montanha do Xadrez, em Petergof

Uma encosta natural na residência de Pedro, o Grande, foi escolhida como local para esta fonte em estilo cascata que data do início do século 18. Consiste em quatro tabuleiros de xadrez gigantes sobre os quais corre a água. No topo, existe uma gruta que é guardada por três dragões. Em ambos os lados da cascata existem degraus adornados com esculturas de Netuno, Olímpia, Júpiter e Plutão.

10. Fonte de Netuno, em Petergof

A fonte principal dos jardins superiores de Petergof data do final do século 18 e representa um Netuno coroado, segurando um tridente e cercado por criaturas fantásticas do mar: ninfas, tritões etc.

VEJA TAMBÉM: Antes e depois: palácios de São Petersburgo destruídos pelos nazistas (FOTOS)

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies