Sonhando com a Transiberiana: 10 comportamentos a serem evitados nos trens russos

Serguêi Fadeitchev/TASS
Viajar em um trem de longa distância na Rússia é, segundo muitos, uma experiência que se deve fazer pelo menos uma vez na vida. Mas se você quiser evitar problemas e brigas com os vizinhos, siga estas dicas simples.

Você quer passar uma semana na ferrovia Transiberiana? Ou fazer uma viagem de trem noturno de Moscou a São Petersburgo? Bem, saiba que comprar o bilhete não será a parte mais difícil da aventura: para quem viaja nesses trens, existem regras não escritas que devem ser respeitadas. Eis os comportamentos a serem evitados:

10/ Monopolizar a mesa

Esteja você em um cupê de segunda classe com quatro camas ou em um vagão de espaço de terceira classe tipo platzkart, você sempre encontrará uma pequena mesa perto das camas de baixo. Geralmente é usado pelos passageiros para comer frango e ovos cozidos trazidos de casa ou compartilhar o almoço com outros viajantes.

Se você for designado à cama mais baixa na hora de comprar do bilhete, você poderá desfrutar totalmente da mesa; se dormir na beliche superior, terá que compartilhar a mesa com seus vizinhos. Obviamente, o bilhete não especifica quem tem o direito de usar a mesa; portanto, aplica-se a regra do senso comum – seja educado, não monopolize a mesa e convide seus vizinhos a bordo do trem a se sentarem com você.

9/ Trocar-se na frente de outras pessoas

A primeira coisa que os passageiros fazem ao pegar um trem de longa distância é se trocar e usar roupas confortáveis. Algumas pessoas penduram um lençol entre as camas (ou pedem para os outros passageiros deixarem o compartimento nessa hora). Mas nem todo mundo considera um comportamento educado – sobretudo se forem convidados a sair quando já fizeram o chá e tiraram os sanduíches da bolsa. Os viajantes mais experientes costumam ter a capacidade de se trocar discretamente sob os lençóis, mas, se você ainda não desenvolveu esse talento, opte pelo banheiro.

8/ Ficar no banheiro por muito tempo

De manhã, pouco antes de chegar ao destino, longas filas de pessoas com pasta e escova de dente na mão se formam em frente aos banheiros. Quando chegar a sua vez, tente usar o banheiro rapidamente, para não deixar outros passageiros impacientes.

7/ Falar em voz alta

A longa jornada pode se tornar tediosa e você pode querer conversar com alguém... Mas falar em voz alta é uma atitude imprópria que pode incomodar outros viajantes. Se precisar fazer uma ligação, faça-o em voz baixa ou na área entre os vagões.

No entanto, os russos no trem adoram bater papo – não desista de fazer novos amigos com seus companheiros de viagem, mas, lembrando, em voz baixa.

Você adora trem? Aqui estão 5 experiências imperdíveis na Rússia!

6/ Fumar

Nos trens russos, fumar já é proibido há vários anos. Se você quiser acender um cigarro, precisará aguardar a próxima parada, mas não terá garantia de encontrar uma área para fumantes na plataforma.

Como já explicamos nesta reportagem, na Rússia é possível fumar apenas nos espaços reservados para fumantes: a multa para quem viola essa regra vai de 500 a 1.500 rublos (8 a 25 dólares). Não seria uma boa oportunidade para descer?

5/ Deixar alimentos estragando

No interior dos trens russos, faz calor mesmo no inverno. Imagine o que aconteceria com o seu frango se ele ficasse na mesa a noite toda? Por isso, mantenha os alimentos em uma bolsa térmica, a não ser que esteja munido de frutos secos, biscoitos e alimentos que também podem ser mantidos fora da geladeira. Como alternativa, use o vagão de restaurante do trem.

4/ Escolher os assentos errados no vagão-restaurante

Se viajar de trem por mais de um dia no auge do verão, evite sentar nos assentos 9-12 e 21-24: ficam localizados em compartimentos com janelas usadas como saídas de emergência – você não será capaz de abrir a janela e comerá em um espaço abafado.

Mesmo que o trem esteja equipado com ar condicionado, ele só começa a funcionar quando a velocidade excede 30 km/h. Se as paradas forem frequentes – por exemplo, em um trem que percorre a costa do mar Negro – a velocidade será sempre reduzida.

3/ Levar pacotes de outras pessoas com conteúdo desconhecido

Os locais podem pedir para você entregar um pacote a parentes que vivem na cidade onde planejou sua viagem. Claro, saiba exatamente o que tem no pacote...ou recuse.

2/ Conversar com o controlador do trem

Os comissários de trem não apenas conferem os bilhetes e vendem chá. São os principais responsáveis ​​pelo vagão e estão sempre disponíveis para os passageiros. Prestam assistência médica em caso de necessidade, acordam os passageiros antes de chegar ao destino e distribuem os lençóis. Nos vagões novos, os assistentes (provodnik, em russo, ou provodnitsa, se mulher) têm um frigobar no seu espaço e você pode pedir para guardar comida lá.

Veja como é a vida de quem trabalha nos trens transiberianos.

1/ Preparar macarrão instantâneo à noite

Em geral, não é bom comer antes de dormir. Mas, se você realmente não conseguir esperar, vá ao vagão-restaurante. Nem mesmo o cheiro de um par de meias fedorentas usadas por três dias seguidos é comparável ao do macarrão instantâneo Doshirak (e pelo qual os russos são loucos!). Quem come macarrão instantâneo ou purê de batatas à noite perto de outros passageiros dormindo queimará no inferno.

LEIA TAMBÉM: 5 gestos que só os russos entenderão... Ou não!

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies