7 lugares inusitados para se hospedar na Rússia

Que tal uma combinação de hospedagem e aventura? Muitas das opções têm diárias acessíveis, confira estas sugestões e anote para sua próxima viagem.

Uma noite no museu

Não é um museu de verdade, mas é quase, a se julgar pelo tamanho do apartamento e pelo número de antiguidades ali guardadas. Um dos destaques é a cama da rainha francesa Maria Antonieta. O local tem área de jantar, salão de chá, dois banheiros, um closet, uma área de estudos, uma lareira e um forno.

O proprietário garante serviços de quarto exclusivos e até um transfer em carro de luxo e recomenda o local para recepções, reuniões privativas e jantares românticos. O preço por noite é USD 43.800 ou a bagatela de R$ 186 mil ) e o apartamento fica em São Petersburgo, antiga capital do Império Russo.

Hostel nas alturas

Este é um lugar para quem não tem vertigem. O hostel fica no Monte Elbrus, e a uma altitude de 3.780 metros e, se você quiser, o staff do local pode tirar uma foto de você ainda mais do alto, a 4.500 metros. Os donos prometem aquecimento e acomodação para oito pessoas, um banheiro compartilhado, sala de jantar, aulas de esqui e snowboard, serviços de transporte até o aeroporto mais próximo e opções de comida e bebidas. Custa USD 23 (R$ 98) por dia.

Loft em uma antiga cervejaria            

Esta antiga cervejaria no centro de Moscou é hoje um complexo de bares, casas noturnas e restaurantes. Fica a apenas 10 minutos de táxi do Kremlin e às vezes ainda se faz cerveja por lá, com pequenos produtores coordenando o processo. Uma dessas micro-cervejarias pertence ao dono do loft, que promete receber os hóspedes com um compo para degustação. Preço por dia: USD 62,50 (R$ 265).

Cabana russa

Este lugar há 8 km de Sergiev Posad é um mergulho de cabeça na Rússia autêntica. O assentamento etnográfico, que consiste em várias cabanas, fica à beira de uma floresta e oferece uma extensa gama de atividades: de uma verdadeira bania russa (casa de banhos) com samovar e sopa de peixe ukha servida em uma panela de ferro fundido a passeios a cavalo e mingau com panquecas no café da manhã. Custa USD 67 (285) por noite (sem a bania e outros serviços). Dá para alugar uma cabana inteira ou uma vaga em uma de hospedagem coletiva. Os mais radicais podem escolher também dormir em um palheiro.

Chalé Escandinavo

São cinco chalés em uma floresta de pinheiros perto de São Petersburgo. Há também um sótão com vista para o lago. As casas estão localizadas em um parque de diversões com bania russa, seis trilhas de arvorismo e tirolesa para adultos e crianças, uma parede de escalada e um restaurante o preço do chalé por noite é USD 23 (R$ 98).

Apartmento na sede da fazenda

Este é o antigo imóvel dos proprietários de terras Stroganov-Golitsin, perto da cidade de Tosno, a 60 km de São Petersburgo. A propriedade da família é decorada com porcelana, bronze, tapeçarias, móveis antigos e modernos e pinturas do século 19 a 20, além de todos os quartos terem vista para o parque inglês, com lagoas e cascatas. Muitos turistas vêm em excursões, mas uma noite para viajantes independentes custa USD 140 (R$ 594). O preço inclui três refeições por dia e atividades de lazer como ciclismo, bilhar, passeios de barco e muito mais.

Apartmento com vista para a Catedral de Kazan, em São Petersburgo e perto de Dostoiévski

O grande escritor Fiódor Dostoiévski viveu nessa vizinhança em 1846. O bairro foi construído no fim do século 18 e o apartamento em si ainda tem a lareira original, o forno e adornos de estuque. Todos itens de valor histórico e protegidos por uma comissão especial

Tanto os quartos como a sala de estar e a varanda oferecem uma vista ótima da Catedral de Kazan. “Os arredores são a principal razão pela qual as pessoas vêm a São Petersburgo: prédios românticos, igrejas, monumentos arquitetônicos, museus, restaurantes. E fica tudo a distâncias possíveis de serem percorridas a pé”, diz o proprietário. As diárias custam USD 60 (R$ 255).

LEIA TAMBÉM: Como é uma casa russa típica?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies