Como é uma casa russa típica?

Tatiana Manaeva
A habitação na Rússia é diferente da europeia ou norte-americana. Algumas das peculiaridades russas residem nas formas de propriedade, nos espaços comuns e privados, nas varandas como um luxo e nos vizinhos barulhentos por trás de paredes finas.

A primeira peculiaridade da habitação russa é a propriedade. Em 2016, mais de 87% das famílias eram proprietárias de seu local de residência, algo resultou da privatização nas décadas de 1990 e 2000.

Grande parte dessas casas e apartamentos russos, porém, foram construídos antes de 1970. A família média russa, que é composta por três a quatro pessoas, vive em um apartamento de dois cômodos com aproximadamente 50 metros quadrados de área.

Das famílias russas, 64% vivem em apartamentos com menos de 60 metros quadrados. Como são distribuídas essas famílias nesses espaços?

Entrada

A maioria dos russos vive em apartamentos. As escadas são consideradas espaços públicos e são limpas por serviços comunitários. Assim, a maioria dos russos busca mantê-las limpas.

As pessoas também não podem deixar objetos nas escadas, o que é uma infração das regras de segurança contra incêndio. Mas, devido ao tamanho diminuto dos apartamentos, itens como bicicletas e carrinhos de bebê às vezes são mantidos nesses locais.

Hall de entrada

Muitos prédios dos anos 1980 e posteriores têm pequenos saguões com um parapeito adicional de ferro. Isto porque o crime tomou o país nos anos 1990 e as pessoas prendiam bicicletas, carrinhos, às vezes peças de mobília, pilhas de roupas de inverno e tudo o que se pode imaginar ali.

As portas de apartamentos originais da era soviética eram finas e inúteis e muitas pessoas davam duro para juntar dinheiro e comprar portas mais grossas. É por isso que muitos apartamentos hoje têm portas duplas.

Os halls de entrada dos apartamentos geralmente são muito pequenos, o suficiente apenas para um guarda-roupas, um espelho, uma sapateira e espaço para tirar o casaco.

Os hóspedes devem tirar os sapatos e colocar pantufas. Quando você ouvir o anfitrião dizer "o chão está limpo, mas, mesmo assim...", entenda como um convite para você colocar as pantufas.

O saguão também tem um entressol (palavra bastante francesa familiar a todos os russos). Estas prateleiras sob o teto geralmente oferecem enormes espaços de armazenamento que não são óbvios à primeira vista. Por que eles são importantes e podem ser encontrados em quase todos os apartamentos? Porque os russos adoram guardar coisas.

Cozinha

As menores cozinhas da Rússia têm 4,5 metros quadrados. Surpreendentemente, ali pode caber uma geladeira, um fogão a gás (ou elétrico), uma mesa para três, vários armários e uma pia.

Como na maioria dos países, a cozinha é um lugar para cozinhar e comer, mas na Rússia também é um lugar para discussões noturnas tomando uma garrafa de qualquer bebida alcoólica ou infindáveis xícaras de chá.

Se você não for próximo do anfitrião (por exemplo, se você for um assistente social, médico ou vendedor), você será convidado para a sala de estar. Mas, se for um amigo da família, vá direto para a cozinha, onde lhe oferecerão tudo o que houver na geladeira – e  se prepare para uma refeição luxuosa, pois as geladeiras russas nunca estão vazias.

Além disso, não se surpreenda se um russo expulsar a mulher e os filhos para fora da cozinha se os amigos aparecerem para beber. Da mesma forma, o homem será expulso quando as amigas da mulher dele se reunirem para cozinhar ou bater um papo.

Quartos

Na Rússia, o conceito de “sala de jantar” é conhecido somente pelos ricos. Hoje, assim como na época imperial, apenas as pessoas ricas podem se dar ao luxo de ter um cômodo separado para os convidados para um jantar ou festa. O que é chamado de “sala de jantar” ou “quarto de hóspedes” é, geralmente, apenas o maior cômodo do apartamento.

Na maioria dos casos, existe um sofá-cama grande e, à noite, a sala de "jantar" se transforma no "quarto principal" dos pais, enquanto a “sala pequena” ou o “quarto das crianças” é onde as crianças dormem, brincam e fazem o dever de casa - e onde os convidados bêbados podem ficar jogados sobre um cobertor no chão.

Quando as crianças crescem e deixam o ninho dos pais, este quarto de hóspedes pode se tornar a “sala de jantar" - o que geralmente marca o início da aposentadoria.

Outra parte importante da residência é a varanda, que muitas vezes tem uma função múltipla como um espaço de armazenamento, uma pequena sala de estar, um lugar para pendurar e secar roupas e para fumar. Resumindo, uma varanda é um recurso muito buscado em apartamentos russos.

Se você achou que o fato de os cômodos serem separados faria deles algo privado, errou. Na maioria dos prédios russos, as paredes são muito finas (para economizar espaço e recursos), e por isso você e seus vizinhos se ouvem muito bem através delas - algo que afetou muito a vida privada e sexual do povo soviético.

Banheiro

A privada e o chuveiro ou a banheira frequentemente ficam no mesmo cômodo nas residências russas, mas muitas pessoas preferem que eles estejam separados. Assim, pela manhã, quando as crianças estão se preparando para a escola e os pais, para o trabalho, as coisas se organizam melhor. Nem todos os apartamentos, no entanto, desfrutam desse "privilégio".

Por outro lado, combinar o vaso sanitário e o chuveiro economiza muito espaço - além de energia, já que ambos os espaços são iluminados com uma só lâmpada. Mesmo os banheiros que são combinados geralmente são muito pequenos, e têm cerca de quatro metros quadrados.

Quer saber mais? Leia: De aquecimento central sufocante a reformas eternas, 10 curiosidades sobre os lares russos.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies