Tudo sobre a Aurora Boreal na Rússia: os melhores lugares, a melhor época e como prevê-la

Todas as áreas do norte do país, incluindo a Sibéria, possibilitam admirar a aurora boreal, devido à sua proximidade com o Círculo Ártico.

As luzes brilhantes e dançantes da aurora são, na verdade, colisões entre partículas eletricamente carregadas do Sol que entram na atmosfera da Terra. As luzes são vistas acima dos polos magnéticos dos hemisférios Norte e Sul.

No entanto, assim como o clima, a aurora boreal é difícil de prever, embora possam ser feitas estimativas.

VEJA TAMBÉM: Aerosani, os trenós de combate que fizeram a história deslanchar 

Em geral, um dia ou dois antes de ocorrer, as previsões podem ser razoavelmente precisas. Existem vários fatores importantes a considerar, que ajudam a formar as condições certas para ver as chamadas luzes do norte.

Quando o Sol está diretamente acima do equador, as luzes tendem a ser mais fortes. Isso ocorre por volta de 20 de março e 23 de setembro, embora estes não sejam os únicos dias em que surgem no céu – trata-se apenas do pico da temporada da surora (quando eles são mais visíveis).

De fevereiro a abril, e de agosto a outubro, o aurora torna-se mais visível – e até mesmo fora desses meses, se as condições estiverem favoráveis.

A melhor hora para observar as luzes é quando o céu está mais limpo. Durante a Lua Nova, quando o satélite natural da Terra fica menos visível, há menos luz, tornando o céu o mais escuro possível.

Todas essas fotos foram tiradas pelo biólogo marinho Aleksandr Semionov, que vive e trabalha na Estação Biológica do Mar Branco.

A Península de Kola fica bem no cinturão da Aurora Boreal, perto do norte da Escandinávia, tornando-se um local perfeito para assistir ao fenômeno. A cidade de Murmansk é popular entre os turistas em busca das luzes coloridas.

Mas, certamente, não é o único lugar na Rússia onde é possível admirar as luzes.

Severodvinsk atrai viajantes com algumas das mais brilhantes luzes do norte em toda a Rússia ocidental. Localizada perto de Arkhanguelsk, cidade oferece mais oportunidades para estudar esse fenômeno natural do que a própria capital da região.

Já a melhor época para visitar o Distrito Autônomo de Nenets, ver as luzes do norte e ouvir os autênticos mitos e lendas da cidade desaparecida de Pustozersk é no início do outono.

A cerca de 15 km de distância de Magadan, a cor do céu muda drasticamente – todo o céu se ilumina com um brilho verde que se reflete nos montes de neve.

Salekhard é a única cidade do mundo que está localizada bem no Círculo Ártico e, por isso, não é à toa que se tornou famosa como ponto de observacao da aurora boreal.

Tiksi, Khatanga, Dikson, Dudinka, Igarka, Nova Zembla e Ilha de Wrangel também são locais adequados para aqueles que desejam ver as luzes do norte na Rússia.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies