9 jeitinhos para economizar em Moscou e se divertir

Legion Media
Por trás da elegância há toda uma cidade de negócios escusos e becos esperando seus turistas mais modestos.

1. Ostentação chique por centavos

Uma visita ao Teatro Bolshoi será, com certeza, um dos passeios mais esplêndidos da vida de qualquer um. Mas gastar centenas de dólares em um ingresso pode te deixar um pouco mais pobre. Felizmente, porém, há algumas opções para quem não está nadando no dinheiro.

Universitários estrangeiros que estudam na Rússia, por exemplo, podem comprar ingressos para o Bolshoi para espetáculos no mesmo dia da compra por apenas 100 rublos (R$ 5,50). É necessário apenas levar o cartão de estudante à bilheteria (as vendas começam ao meio-dia se for dia de espetáculo, ou às 16 h para shows noturnos) e cruze os dedos .

Não é estudante? Não entre em pânico. Se você tem de 16 a 25 anos de idade, pode usar o programa "Bolshoi para a juventude", que organiza de quando em quando espetáculos com ingressos entre os 600 e os 1.200 rublos (de R$ 33 a R$ 66). Vá à bilheteria e pergunte sobre o programa - ou siga o cronograma aqui.

Outro jeito de conseguir ingressos para o Bolshoi por um precinho mais amigo é reservando com bastante antecedência por meio do site do teatro.

2. Um presente de aniversário melhor que meias

LEIA TAMBÉM: 10 coisas para morrer de saudades (ou não) se você esteve em Moscou há dez anos

Mesmo que seus amigos e familiares lhe presenteiem sempre com bugigangas no aniversário, a Russian Railways faz bem melhor. Viajando de trem pela companhia até sete dias antes ou depois do seu aniversário, você direito a um desconto de 35% em uma viagem de ida e volta para qualquer ponto da Rússia. E não é só isso: a empresa também estende o desconto a três amigos que estejam viajando com o aniversariante.

Curiosamente, a Russian Railways também oferece um desconto de 35% para recém-casados em carruagens Lux e de primeira classe, que são válidos por até um mês depois dos pombinhos juntarem as escovas de dentes. E lembre-se: esses são os mesmos caras que deixaram os torcedores viajarem de graça durante a Copa do Mundo. Verdadeiras lendas!

  1. Almoço grátis a bordo

Os jeitinhos da Russian Railways vêm em lote! Se você reservar um assento na quinta carruagem do trem expresso Sapsan, estará oficialmente no restaurante do trem. Isto, de alguma forma, irá lhe render um voucher de 2.000 rublos (R$ 112) para almoçar a bordo. Assim, se seu bilhete tiver custado 2.000 rublos ou menos, tecnicamente você estará viajando de graça!

4. Uma noitada boa patrocinada por um saco de papel

Beber nas ruas de Moscou é ruim, levado e ilegal, e nós não recomendamos fazê-lo. Mas é algo possível (mais ou menos).

A lei não especifica, porém, se você pode fazê-lo com a garrafa embrulhada em um saco - e isto, geralmente, não é considerado uma infração da lei. O melhor é apostar em algo mais leve.

Como escreveu um policial na revista russa “The Village”, “alguns [policiais] prestam atenção ao quão forte é o que está dentro do saco de papel. Eles não falam nada sobre cerveja ou vinho, mas podem te prender se tiver vodca ou conhaque ali dentro”. O principal não é ficar bebaço fazendo a sarjeta de travesseiro.

Outra opção é rumar a um ponto no centro de Moscou onde a polícia geralmente fecha os olhos para a bebida em locais públicos: o "Pianaia Iama", um anfiteatro no bairro de Kitai-Gorod.

A moscovita Elena, de 26 anos, nos conta: “Ali pode haver, literalmente, centenas de pessoas bebendo a qualquer hora. Assim, eles teriam que prender todo mundo, mas é óbvio que isso não acontece”.

Mas se você tiver que ver o sol nascer quadrado, nós não te incentivamos a fazer isto, ok?

5. Petiscos tarde da noite

Se você comer sem gastar muito em Moscou, não precisa ir a alguma cafeteria cheia de buracos na parede. Ao invés disto, espere mais uma hora ou duas: se você ficar em um café decente noite afora, eles começarão a oferecer seu cardápio por uma mixaria.

A rede Irmãos Karavaev, por exemplo, oferece 20% de desconto na sua deliciosa boia após as 19h - e os preços continuam a cair pouco a pouco ao longo da noite. O Upside Down Cake também faz sanduíches e sobremesas pela metade do preço depois das 21h, e o mesmo vale para o Grabli, que reduz seus preços em 30% após as 21h.

Se você for usar este truque, vale a pena ir a um café mais sofisticado, porque lugares mais baratos, que se importam menos com o fato de a comida estar ou não fresca, não farão tantos esforços para se livrar da comida à noite.

6. Cultura gratuita

Pensando em usar seus dias de folga para devorar o enorme potencial artístico que a capital russa oferece? Espere até o terceiro domingo do mês, e você entrará em qualquer museu estatal de graça. Isto inclui a Galeria Tretiakov, o Museu Estatal Púchkin e o Museu Gulag, entre outros. A única desvantagem é que este truque não é tão secreto, por isso será preciso enfrentar algumas filas.

7. Estacione o carro com astúcia

Precisa estacionar em Moscou? O que ninguém diz é que os primeiros 15 minutos são gratuitos - mas é preciso saber como tirar proveito disso.

“Eu sempre coloco um alarme para 15 minutos depois de estacionar e só então deixo o aplicativo de estacionamento de Moscou ver que estacionei ali. Se você estiver no centro da cidade, economizará 50 rublos (R$ 2,80)”, diz o moscovita Vsevolod. Cada copeque conta!

8. Economize tempo na hora do rush

Sair do trem do metrô moscovita na hora do rush e ver a fila nas escadas rolantes pode partir seu coração.

A escada rolante têm, cada uma, duas filas: uma para os apressadérrimos, outra para os “espectadores”, que ficam parados esperando as enormes escadarias chegarem sozinhas lá em cima. A multidão geralmente estará na fila dos “espectadores”, no lado direito.

Se você não estiver com saco para esperar um lugar na fila dos “espectadores”, vá para a fila da esquerda e, enquanto sobe a escada rolante, enfie-se em algum buraco na fila esquerda. Sempre funciona!

9. Lênin sem fila para os caras de pau

A infame fila do lado de fora do Mausoléu de Lênin é muito intimidante, não é mesmo? Felizmente, um morador local tem a solução para isto também: "Você pode se encher de coragem, dirigir-se até a pessoa mais próxima do começo da fila, lhe dar um sorriso bem-humorado e pedir para ficar com ela. Funciona todas as vezes!", diz Nikolai. Quem não arrisca não petisca!

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies