Às vésperas da Copa, Rússia inaugura aeroportos modernos; veja fotos

Nos últimos anos, vários aeroportos da Rússia passaram por reformas. Outros foram construídos do zero. Os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, em Sochi, bem como a próxima Copa do Mundo da Fifa de 2018™, na Rússia, foram os principais estímulos para modernizações.

Em meados de abril, a Crimeia inaugurou o maior e mais moderno aeroporto do sul da Rússia. Com capacidade para receber 6,5 milhões de passageiros ao ano, expectativa é expandi-lo para suportar até 10 milhões. Jardim vertical é um dos principais destaques do projeto.

O aeroporto da cidade de Perm, a 1.500 km de Moscou, nos Urais, foi projetado por especialistas de Londres e Moscou. Inaugurado em 2017, o terminal Bolshóie Sávino exigiu mais de 80 milhões de dólares e foi financiado pelo setor privado.

O visual futurista do aeroporto de Rostov-no-Don, no sul da Rússia, foi criado por quatro empresas, incluindo a britânica The Twelve Architects. A expectativa é que o aeroporto acomode mais de 5 milhões de passageiros por ano.

Rostov é uma das 11 cidades russas que sediarão jogos da Copa do Mundo.

Iekaterinburgo, a 1.800 km de Moscou, também receberá jogos do Mundial, mas a reforma do aeroporto de Koltsovo foi feita há mais de dez anos. Atualmente, é um dos maiores aeroportos regionais da Rússia. Em 2013, foi premiado como um dos cinco melhores aeroportos do mundo, de acordo com o World Routes.

O novo terminal de Samara (também sede da Copa, a cerca de mil quilômetros de Moscou) tem design futurista. Depois de um ano e meio de obras, esse terminal entrou em operação em 2015. “As formas fluidas são baseadas em três cones dinâmicos, e as paredes de metal fluidas capturam a energia das viagens pelo ar”, lê-se no site do estúdio britânico de design HTAL, que desenvolveu o projeto.

O aeroporto Strigino, em Níjni Novgorod (a 400 km de Moscou e mais uma das cidades que sediarão jogos do Mundial), também foi projetado pelo estúdio HTAL. A parede de vidro em forma de onda é a característica mais marcante do edifício. A capacidade do terminal pode aumentar em 30% caso haja um aumento de passageiros, como esperado durante o próximo torneio de futebol.

Na cidade siberiana de Krasnoiarsk, a 4.000 km de Moscou, um novo terminal foi inaugurado há poucos meses. Segundo as autoridades regionais, trata-se do maior aeroporto da Rússia além dos Urais. A modernização teve um custo de cerca de 100 milhões de dólares, financiados tanto pelo Estado como por empresas privadas.

O aeroporto Jukóvski é o quarto da região de Moscou e o menor de todos. No entanto, possui a maior pista de pouso da Europa, com 5,5 km. Abriu as portas em 2016.

Kaliningrado, exclave russo entre a Polônia e a Lituânia e a cidade mais ocidental da Rússia, também terá jogos na Copa. O aeroporto de Khrabrovo, que passava por reforma desde 2013, foi inaugurado em abril de 2018.

O aeroporto de Sochi, cidade que será base da seleção durante o Mundial, foi modernizado entre 2007 e 2013. A reforma terminou pouco antes das Olimpíadas de Inverno, no início de 2014. Durante os Jogos, 3.800 passageiros transitaram por ali por hora. Em 2017, entrou na lista dos 20 melhores do International Airport Review.

Confira também 10 aeroportos de madeira que ainda estão em operação nos rincões da Rússia.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies