6 das melhores pistas de patins, skates e bikes de Moscou

Legion Media
Quer corridas supimpas para seu prazer sobre rodas na capital russa? Talvez um caminho sinuoso à beira do rio? O Russia Beyond compila uma lista das principais pistas da cidade.

Moscou não é a melhor cidade do mundo quando se trata de meio ambiente, então exercícios aeróbicos no centro nunca são uma boa ideia (tenham isto em mente, fãs do “Sodovôe koltsô”, ou “Anel do Jardim”).

É por isso que sugerimos as rotas abaixo, cheias de ar fresco, vegetação e longos trechos planos. Não usamos nenhuma ordem específica nesta lista, então sua escolha provavelmente dependa de sua localização.

  1. Vorobiôvi Góri

Aqui está Moscou em sua melhor forma: bicicletas, skates e patins são muito bem-vindos! Onde ele fica? Já viu alguma foto do estádio Lujniki tirada do outro lado do rio? Provavelmente ela tenha sido clicada do mirante que fica em frente à Universidade Estatal de Moscou (MGU). Tudo ali naquela área e as margens abaixo dela compreendem os chamados "Montes dos Pardais" (Vorobiôvi Góri).

Além da vista de tirar o fôlego, há uma bela ladeira que começa perto da MGU e leva à rua Mosfilmovskaia. Acha que consegue fazê-la? Conte-nos se deu certo!

E, claro, tente o Dvorêts Pionêrov (“Palácio dos Pioneiros”), que também tem colinas e espaços para recém-chegados.

Como chegar: Vá às estações de metrô “Universitet” ou “Vorobiôvi Góri” e procure o topo do edifício da MGU - um bom lugar, aliás, para planejar sua rota.

  1. Margem Frúnzenskaia

Este é um percurso agradável e suave ao longo da margem Frúnzenskaia, que começa debaixo do terceiro anel rodoviário e continua até a Krímski Most, ponte que leva ao Parque Górki (você também pode usar a ponte de vidro para pedestres para atravessar).

O pavimento é suave, excelente para pilotos menos experientes. Mas você tem que dividir o espaço com ciclistas, corredores e skatistas de longboard, não esqueça disto.

O lugar é uma beleza, já que se pode avistar dali o jardim Neskútchni Sad, do outro lado, que você pode também escolher como próxima parada.

Como chegar: estações de metrô Frúnzenskaia e Park Kultúri. Se você está na Frúnzenskaia, atravesse a Komsomólski Prospékt e ache o caminho para a margem Frúnzenskaia. A saída da estação de metrô Park Kultúri é quase imediatamente na ponte Krímski, então você pode tanto abaixo para chegar ao rio e continuar para o centro da cidade passando pela Frúnzenskaia até a margem Pretchistinskaia, ou atravessar a ponte para o Parque Górki (também conhecido como Park Kultúri, assim como o nome da estação de metrô).

  1. Neskútchni Sad

Se as multidões no Parque Górki estiverem te aborrecendo (por melhor que seja o lugar para praticar de guinadas e voltas), vá até o sereno Neskútchny Sad. Esta bela pista verde começa onde termina o Parque Górki, junto à ponte de pedestres de vidro amarelo.

Há alguns trechos de descida que podem ser avançados demais para um skatista ou patinador inexperiente, mas você pode evitá-los indo para o trecho paralelo próximo à água, onde também há alguns bancos.

Como chegar: O mesmo que acima. Se você estiver na margem Frúnzenskaia, suba as escadas na ponte de vidro. Ou então atravesse a ponte Krímski pela estação de metrô Park Kultúri para chegar ao Parque Górki e continue adiante para chegar ao Neskútchni Sad.

  1. Poklonnaia Gora

Se você não tomar cuidado aqui, quebrará todos os ossos. O vasto parque com vários trechos suaves e descidas parece convidativo, mas também é tentador para as pessoas que querem experimentar coisas novas.

O trecho de slalom pode ser muito perigoso se você não conseguir controlar a velocidade. Mas há uma abundância de skatistas e patinadores - como no Neskútchni Sad - para que você nunca se sinta sozinho. Só não se aventure e pule sobre as coisas se você é entrou nessa agora!

Como chegar: Estações de metrô Kutuzóvskaia ou Park Pobêdi.

  1. VDNKH e Botanítcheski Sad

VDNKh (ponuncia-se vê-dên-há) é basicamente um enorme parque dedicado a pavilhões de exposições internacionais. É lindo, com sua arquitetura da era soviética e monumentos restaurados, cheio de longos trechos de calçamento e grandes áreas abertas para a prática de manobras e curvas.

Comece pelo arco da entrada principal do VDNKh e siga o caminho mais central até o final – ele se estende por cerca de 3 quilômetros e culmina no Jardim Botânico (Botanítcheski Sad).

Esta é uma área interminável onde é, na verdade, proibido usar patins - mas isto não impede as pessoas de se divertir sem causar problemas. De qualquer maneira, não diga que não avisamos!

Como chegar: Vá até a estação de metrô VDNKh e atravesse a movimentada rua para chegar ao arco principal. Ou, se você quiser começar com o Jardim Botânico, vá direto à estação de metrô Vladikino, que fica a dois minutos a pé do local.

  1. Sokôlniki

Pense no Sokôlniki como uma versão um pouco menos moderna do Park Kultúri e do Neskútchni Sad. Nesses, jovens pais distraídos deixam os atravessar as pistas (pondo em risco tanto a criança como o skatista/patinador.

Em Sokôlniki, isto acontece um pouco menos. O local não chega ao centro de Moscou em nenhum trecho. Mas há ali vários planos que correm como artérias através de vastas áreas de Sokôlniki, permitindo que você se concentre em seu próprio esporte – e não em outras pessoas. Esta escolha não existe em outros locais, exceto, talvez, por Poklonnaia Gora.

Há também algumas rampas para os mais aventureiros, assim como um enorme trecho redondo de concreto quase emborrachado que é bom para praticar manobras planas e andar de costas.

Como chegar: Fácil! Basta ir à estação de metrô Sokôlniki, na linha vermelha, e procurar de onde vem toda aquela gente com algodão doce. É uma caminhada de três minutos até a entrada principal do parque, não tem como se perder.

BÔNUS: PraçaTeatrálnaia

Sem ar para falar deste local, que é um verdadeiro inferno a la Moscou: tráfego, poluição, multidões e pavimento irregular. Mas ele é também um dos pontos de encontro mais amados dos patinadores e skatistas de Moscou.

Embora não seja uma pista em si, ainda assim é um lugar legal. O Kamen (ou “pedra”) é a estátua de Karl Marx, em frente ao Teatro Bolshoi, e é impossível não encontrar.

As pessoas costumam andar de skate pela pequena praça antes de rumarem ao Park Pobêdi, ou andar em volta dos clientes de butiques perto do bar Denís Simatchev, ou ainda ir até Kitái Górod, ou descer a margem do Kremlin. Este é o ponto mais central de Moscou.

Como chegar: Vá para as estações de metrô Teatralnáia ou Okhôtni Riád.

Já conhece a nova promessa da patinação freestyle russa? Então leia mais sobre Sofia Bogdánova, de 12 anos

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies