Quatro receitas vegetarianas para enfrentar a Quaresma em estilo soviético

Salada, borsch, bolinhos recheados de cogumelo, ou bolachinhas para aquele café de tarde – tudo sem carne nem ovos.

Neste ano, a Quaresma Ortodoxa começou na segunda passada (11) e segue até 27 de abril – um período de rigoroso jejum para os fiéis às vésperas da Páscoa.

Para muitos, as restrições alimentares impostas ao corpo são tão árduas quanto as exigências espirituais da alma. Enfraquecido após o longo inverno, o organismo precisa de variedade, e é justamente aí que entram as versões quaresmais de pratos soviéticos.

Salada de feijão/grão-de-bico

A receita desta salada encontra-se no famigerado “Livro da Alimentação Saborosa e Saudável”, da época soviética, publicado em 1964. Cozinhe 1 xícara de feijão ou grão-de-bico na panela de pressão, e reserve. Ferva as cenouras (2 ou 3) e corte em dadinhos. Lave o aipo, e corte-o em tiras. Coloque todos os ingredientes em uma tigela e acrescente salada verde picada e lavada, bem como sal, açúcar e mostarda a gosto. Despeje 2 colheres de sopa de azeita e algumas gotas de vinagre e misture.

Borsch vegetariana

Esta é uma versão enxuta da tradicional sopa eslava borsch. Primeiro, prepare os legumes: corte as batatas (4) e a cenoura (1) em pedacinhos; em seguida, rale o repolho (200 g) e uma beterraba de tamanho médio (1); pique a cebola (1); remova as sementes de  um pimentão (1) e pique-o; descasque e rale os tomates (3-4).

Em uma frigideira com óleo vegetal, refogue a beterraba por 5 minutos, adicione as cebola e a cenoura por mais 5 minutos e acrescente a mistura de pimenta e tomate. Misture tudo e cozinhe por mais 5 minutos. Na sequência, despeje 1 xícara de água quente e cozinhe em fogo baixo por mais 10 minutos.

VEJA TAMBÉM: Caviar vegetariano, uma iguaria promovida pela mulher de Khruschov 

Paralelamente, ferva água com sal em outra panela e acrescente as batatas picadas. Após 10 minutos, adicione o repolho, os legumes refogados e cozinhe por mais 3 a 5 minutos. Adicione salsinha e um dente de alho picado, além de sal e pimenta a gosto.

Quando estiver pronta, reserve a sopa por 15 minutos antes de servir. 

Bolinhos recheados de cogumelo e batata

Os bolinhos cozidos a vapor ou fervidos são onipresentes na Rússia, mas sobretudo durante a Quaresma, quando iluminam até mesmo o mais sem graça dos cardápios. O principal é não adicionar ovos e manteiga à massa.

Para o recheio, amasse as batatas (3-4) e pique as cebolas e os cogumelos antes de fritá-los em óleo vegetal. Combine as duas misturas, e adicione sal e pimenta a gosto.

Para a massa, é necessário acrescentar 1,5 xícara de água morna, 1 colher de chá de sal e 2 a 3 colheres de chá de óleo de girassol a 4 xícaras de farinha de trigo. Sove, adicionando mais farinha, conforme necessário. Enrole a massa em filme plástico e leve à geladeira por 30 minutos.

LEIA TAMBÉM: Por que a maioria dos russos é cristã ortodoxa? 

Com a ajuda de um rolo, abra a massa até atingir a espessura de cerca de 2 a 3 mm e utilize um copo para cortar círculos de 8 mm de diâmetro. No meio de cada um deles, coloquei o recheio (cerca de 1 colher de chá) e junte as bordas.

Os bolinhos já estão prontos para ir ao fogo. Basta colocá-los em água fervente salgada e, quando subirem à superfície, cozinhá-los por mais 5 minutos. Sirva com cebola frita ou salsinha picadinha.

Biscoitinhos de aveia

Outra receita para um quitute bem conhecido – novamente sem manteiga ou ovos.

Bata duas xícaras de aveia no liquidificador. Acrescente açúcar (90 g), fermento em pó (1 colher de chá) e especiarias (por exemplo, canela, gengibre, cravo ou noz-moscada moídos). Mexendo lentamente, adicione água (4 colheres de sopa) e óleo vegetal (4 colheres de sopa) à mistura, seguido por 100 gramas de farinha.

A massa deve ficar bem maleável. Agora só resta moldar os biscoitos e levá-los ao forno a 200ºC por 20 minutos.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies