Babá ao rum ‘soviético’: aprenda a fazer o bolinho com infusão de bebida

Victoria Drey
Pode levar algumas boas horas até ficar pronto para consumo, mas a espera vale a pena.

Quando meus pais se lembram da infância soviética, eles pensam imediatamente em uma cantina escolar com muitos doces da época. Havia várias guloseimas para comer durante os intervalos entre as aulas: merengues, bolos, sotchniki, canudinhos de waffle com leite condensado, bombas e outras coisas de dar água na boca. Mas o mais intrigante parecia ser o rum baba – uma massa fermentada, parecida com um bolinho tipo cupcake, com passas embebidas em xarope com sabor de rum.

Na verdade, os confeiteiros soviéticos não foram os primeiros a inventar a receita do rum baba: acredita-se que a tenha se originado na Polônia antes de ser aprimorada na França. Era um dos doces mais populares da URSS, e muitas famílias guardam boas lembranças. Não é à toa que várias confeitarias da moda em Moscou e São Petersburgo estão vendendo doces infundidos com álcool para o público nostálgico.

O rum baba pode não parecer tão apetitoso quanto um bolo com cobertura de chocolate escorrendo, mas o segredo está em seu sabor. Outra coisa: não é nada fácil de fazer; na verdade, é bem complicado. Requer inúmeros passos e técnicas complicadas que é preciso seguir à risca para atingir esse tal sabor incrível. O rum baba é muito semelhante ao kulitchi – bolos tradicionais da Páscoa russa –, mas o que o torna único é o xarope doce com um toque de rum. Portanto, certifique-se de que possui alguns dias e paciência suficiente para dominar o rum baba à moda russa.

Ingredientes para a massa:

100 g de manteiga

270 g de farinha de trigo

2 ovos pequenos

100 ml de água

7 g de fermento seco

1 colher de chá de sal

1 colher de sopa de açúcar

2 colheres de sopa de rum ou xarope de rum

Passas

Ingredientes para a calda:

10 colheres de sopa de açúcar

8 colheres de sopa de água

2 colheres de sopa de rum ou xarope de rum

Ingredientes para a cobertura:

250 g de açúcar

80 ml de água

1 colher de sopa de suco de limão 

Modo de preparo

Antes de tudo, prepare as passas para mais tarde: cubra-as com um pouco de rum reserve por algumas horas até que as passas fiquem inchadas e suculentas. Para fazer a massa, misture o fermento seco e o açúcar com água morna e reserve por 10 minutos. Em uma tigela grande, peneire toda a farinha, adicione manteiga amolecida, sal, ovos, e a mistura de fermento. A massa deverá ficar bem pegajosa. 

O próximo passo é o mais importante: sove a massa até ficar macia e elástica. A maneira mais fácil de fazer isso é usando uma batedeira com gancho para massas. O processo demora cerca de 10 a 15 minutos – a massa deve ser absolutamente lisa e brilhante. Você também pode sovar com as mãos, mas demora muito mais.

Quando a massa estiver pronta, coloque-a em uma tigela, cubra com filme plástico e deixe em um área quente por 40 a 60 minutos até que aumente visivelmente de tamanho. Em seguida, sove levemente mais uma vez, adicione as passas e deixe a massa crescer por mais 40 minutos.

Enquanto isso, pincele as formas com um pouco de óleo. Quando a massa estiver pronta, divida-a em pequenas bolas iguais e coloque nas forminhas (em geral, 12 bolas com 50g cada). Enfim, deixe a massa descansar nas formas por 20 minutos.

Leve seus bolinhos a 200°C por 25 a 35 minutos, até dourarem.

Em seguida, retire-os das formas, vire, pique com um palito e deixe esfriarem completamente. É melhor deixá-los assim da noite para o dia.

Para preparar a cobertura, misture o açúcar e a água em uma panela, mexa cuidadosamente com uma colher de pau, e leve à fervura. Quando atingir em torno de 115°C, transfira imediatamente para uma tigela maior com água gelada. Acrescente um pouco de suco de limão e mexa. Espere até que a mistura esteja em torno de 40°C e bata até que se torne branca, sedosa e brilhante. Mas não deixe superaquecer – afinal, o objetivo não é cristalizar. É possível preparar esse tipo de cobertura com antecedência, já que pode ser armazenada na geladeira por várias semanas. 

Outro passo importante é fazer a calda para mergulhar os babás. Basta misturar água com açúcar em uma panela, deixar ferver e retirar imediatamente do fogo. Acrescente um pouco de rum e deixe a mistura esfriar levemente.

Agora tudo que precisa fazer é montar as babás. Em primeiro lugar, mergulhe-as no xarope de rum. Certifique-se de que os doces estão totalmente cobertos. Eles devem ficar muito mais pesados.

Coloque a cobertura morna sobre as babás e deixe-as esfriar. Para acompanhar as babás ao rum, nada melhor do que uma xícara de chá preto.

Priátnogo appetita!

Conhece a culinária soviética? Então teste seus conhecimentos sobre alguns utensílios da época

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies