Varêniki de cereja, a essência do verão russo (aprenda a receita!)

Legion Media
Mesmo que você esteja “congelando” no inverno brasileiro, o vareniki de cereja, uma iguaria adorada no verão russo, será uma ótima pedida. Estas são as massinhas cozidas em água mais suculentas que você já terá comido na vida - nós prometemos!

Parece que estamos sempre esperando pelo verão, principalmente em Moscou. Parte disso se deve às memórias ligadas aos varêniki, massinhas recheados doces e muito saudáveis. Elas também são leves e suculentas devido ao recheio de cereja. Sobremesa?! Não, o vareniki serve de prato principal!

A origem dos varêniki é alvo de discussões. Reza a lenda que todas os pratos compostos por este tipo de massinha recheada são originários da China.

Mas diz-se também que os varêniki são provenientes de um prato turco chamado “dush-vara”: recheios diversos cobertos de massa e cozidos na água.

Assim, acredita-se que palavra turca “dush” tenha sido separada de “vara” e se tornado “varêniki”. Mas a palavra "vareniki" também significa simplesmente “cozido em água” em russo.

Independente de suas origens, o prato se tornou uma das especialidade favoritas da Rússia.

Os varêniki não são muito complicados de se fazer, mas existem alguns segredos para que eles deem certo, de acordo com William Pokhlyobkin, o mais renomado escritor de culinária russa do século 20.

Um deles é muito simples, mas fará uma grande diferença: quando o seu varêniki estiver cozido, escorra a água e até mesmo coloque os bolinhos de volta na panela. Como ela estará quente, ajudará todo o excesso de água a evaporar.

Este passo simples fará com que a smetana (creme de leite azedo ou “sour cream”) ou a calda “grudem” no seu varêniki e, claro, fará grande diferença no sabor.

O escritor Nikolai Gôgol gostava muito de varêniki e mencionou o prato em seu conto “Noite de Natal”. Gôgol adorava mistério, e na história o varêniki ganha vida, tomando um pouco de creme azedo antes de voar para a boca do personagem.

Agora que você também conhece esse o truque simples que vai fazer esta iguaria voar até sua boca, tente fazê-lo em casa!

Ingredientes:

Para a massa:

  • 2 xícaras de farinha;
  • 1 xícara de água;
  • 1/2 colher de chá de sal;
  • 3 colheres de sopa de manteiga.

Para o recheio:

  • 500 g. de cerejas;
  • 100 g. de açúcar.

Modo de preparo:

Comece tirando os caroços das cerejas. Coloque as cerejas sem caroço em uma tigela e acrescente o açúcar. Misture um pouco e reserve por uma hora. Este processo tirará a umidade das cerejas, que usaremos mais tarde.

Prepare a massa: aqueça a água e a manteiga juntos, misture a farinha com sal e despeje em uma superfície limpa (pode ser uma mesa).

Faça um montinho com a farinha e abra uma cratera no centro. Despeje a mistura de água no centro. Misturar com mão, cuidadosamente, certificando-se de incorporar a farinha pouco a pouco.

Agora você pode sovar a mistura por cerca de cinco minutos, e a massa ficará muito macia. Enrole-a em filme plástico e deixe repousar na mesa por uma hora.

Depois de uma hora, as cerejas terão liberado bastante suco. Escorra bem e reserve o suco.

Depois de a massa descansar, pegue o rolo, polvilhe a superfície onde trabalhará com farinha e abra a massa com o rolo.

É mais fácil dividir a massa em em duas partes antes de passar o rolo. Abra a massa até que ela fique com uma espessura de cerca de três milímetros e corte círculos nela com um cortador redondo ou um copo.

Agora vamos rechear a massa. Coloque um círculo de massa na palma da mão e, em cada círculo, coloque uma colher de chá de cerejas já escorridas. Molhe as bordas da massa com um pouco de água (apenas o suficiente para ela grudar) e a dobre ao meio, formando uma meia lua.

É preciso se certificar de que o recheio não vazará. Para tanto, aperte as bordas da massa já fechada com a ajuda de um garfo para criar a vedação. Você também pode experimentar um modo mais tradicional (e mais complicado), criando um padrão trançado de massa na dobra. Esta técnica exige muita prática, mas, depois de dominá-la, você poderá se considerar um verdadeiro artesão russo!

Certifique-se de que a superfície esteja bem polvilhada com farinha e, assim, quando o vareniki estiver pronto, eles não colarão uns nos outros. Agora você pode congelá-los ou cozinhá-los imediatamente.

Para cozinhar o vareniki, coloque água para ferver em uma panela. Quando a água estiver fervendo, adicione algumas pitadas de sal e coloque cuidadosamente o varêniki.

Mexa a água com cuidado, para que os varêniki não grudem no fundo da panela ou um no outro enquanto cozinham.

Quando as massinhas começarem a flutuar, deixe por mais um ou dois minutos e, depois, escorra a água. Mantenha-os na panela quente por alguns minutos para que sequem um pouco.

Lembra do suco das cerejas? Aqueça-o em uma panela pequena até que ele forme uma calda.

Despeje uma colher cheia de “smetana” por cima e jogue um pouco do xarope de cereja para finalizar.

Descubra as receitas de 7 cafés da manhã russos para começar bem o dia (entre eles, os varêniki preguiçosos)! Nham!

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies