Oxicoco açucarado, uma das guloseimas mais adoradas da URSS

Legion Media
O oxicoco (ou cranberry) açucarado gerava enormes filas de soviéticos doidos para comprar este doce - mas só os mais sortudos conseguiam! Hoje, porém, é fácil fazê-lo em casa na Rússia – e até no Brasil.

A cranberry é uma fruta difícil de ser encontrada no Brasil, mas uma das favoritas dos russos. Existem diversas receitas muito antigas que a utilizam como ingrediente.

A mais popular é a de mors, uma bebida ácida feita com infusão de cranberries e também o varênie, um tipo de geleia.

Muito saudáveis, essas pequenas frutas vermelhas têm vitaminas e minerais. E são tantos que a primeira coisa que os russos fazem quando sentem que estão ficando resfriados é tomar uma xícara bem grande de chá de cranberries.

Já que é algo tão bom para a saúde, fazer um doce delicioso com a fruta é unir o útil ao agradável.

Não está claro quem teve a ideia de criar as cranberries açucaradas, mas parece que isto aconteceu bem antes da era soviética. Muitos dizem que esta era a sobremesa favorita de Aleksandr Púchkin.

O que sei é que este era o doce mais popular e mais gostoso da minha infância. E que continuo adorando até hoje.

Lembro-me de ir com minha mãe a uma venda, comprar todas as caixas de cranberries açucaradas que pudesse e curtir seu sabor azedinho tomando uma xícara de chá.

A combinação do açúcar crocante por fora com o ácido e macio de dentro de cada bala é maravilhosa.

Minha avó diz que na época da União Soviética não era fácil comprar esses doces, mesmo que sempre tenham existido cranberries aos montes no norte da Rússia.

Ela lembra que a guloseima só se tornou algo comum há pouco tempo, no início dos anos 2000.

Depois que descobri o quão fácil é a receita das cranberries açucaradas, não entendi por que as pessoas não faziam sozinhas as balas em casa.

Esta receita pode ser feita com a fruta congelada, que dá para encontrar em alguns supermercados brasileiros. E basta comer uma vez para se apaixonar para sempre!

Ingredientes

  • 1 xícara de cranberries (frescas ou congeladas);
  • 100g de açúcar de confeiteiro;
  • 6 colheres de sopa de açúcar cristal;
  • 3 colheres de sopa de água.

Modo de fazer

Lave as frutas e deixe que escorram e sequem bem. Caso use-as congeladas, o truque é que estejam bem duras, ultracongeladas, para que não absorvam a calda e fiquem encharcadas durante o cozimento.

Para fazer a calda, coloque o açúcar cristal com a água em uma panela e leve ao fogo médio. Não misture. Apenas espere o açúcar dissolver completamente e a calda está pronta.

Retire a panela do fogo e deixe a mistura esfriar um pouco. Caso contrário, as frutas podem explodir com o choque de temperatura.

Na produção comercial se usa clara de ovo em vez de calda, que é uma outra opção.

Tanto em uma forma como na outra, vá colocando algumas frutas por vez e envolvendo-as bem com a calda.

Agora é preciso ser rápido! Passe as frutas glaceadas para uma tigela com o açúcar de confeiteiro e, com a ajuda de uma colher, cubra-as de branco.

Cuidado para que elas não grudem umas nas outras.

Por isso que é melhor sempre glacear em pequenas quantidades. Polvilhe mais açúcar por cima e role as balas para que fiquem completamente cobertas.

Coloque as balas em um papel manteiga e espere que elas sequem por pelo menos uma hora.

É só isso! Agora você pode até colocar suas cranberries açucaradas em uma caixinha de papelão daquelas bem tradicionais.

As balas duram até um mês na geladeira, mas tenho certeza que você vai querer comer todas de uma só vez.

Priátnogo appetita!

Gosta de cranberries? Confira outra receita típica russa com a fruta: "Kissiêl, um suco de bagas que vale por uma refeição".

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais