Mannik: o impressionante bolo árabe “à moda russa”

Legion Media
Prove suas habilidades culinárias e prepare essa delícia usando semolina no lugar da farinha de trigo.

Os russos usam a semolina - ou "manka", como eles chamam - para tudo na cozinha. Trata-se de um ingrediente comum em mingaus, pudins, costeletas e sopas. Minha maneira favorita de incorporar manka aos pratos é através de um bolo fofo chamado bolo de semolina - ou simplesmente mannik.

Há uma crença popular de que o mannik é uma versão eslava de um prato tradicional árabe chamado basboussa. Diz a lenda que um estrangeiro trouxe a receita do bolo basboussa enquanto viajava pela Rus Kievana. Na época, a semolina já era amplamente usada no oriente, mas os eslavos só a haviam descoberto entre os séculos 12 e 13. A única coisa que realmente diferencia o mannik desse bolo árabe é que o primeiro contém flocos de coco e, às vezes, uma calda de açúcar. Exceto por isso, o mannik é uma cópia perfeita do bolo árabe.

As pessoas chamam o mannik de "bolo do cozinheiro preguiçoso", já que não há técnicas complicadas ou segredos para seu cozimento: basta misturar todos os ingredientes juntos e colocar no forno. Considero o mannik um prato extraordinário por causa de sua textura única, granulada e quebradiça. Há uma outra coisa importante sobre mannik: ele nunca falha. A receita parece muito primitiva, mas há algo de especial sobre a semolina que torna esse bolo muito fácil de fazer e bom de comer. Você pode tentar!

Ingredientes:

  • 250 ml de kefir líquido ou creme de leite azedo
  • 200 g de semolina
  • 150 g de farinha de trigo
  • 2 ovos
  • 170 g de açúcar
  • 50 g de manteiga
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • 150 ml de creme de leite gordo
  • 1 colher (chá) de óleo vegetal para untar
  • açúcar de confeiteiro para cobertura

Modo de fazer:

Bata o kefir e os ovos em uma tigela grande.

Em seguida, adicione a farinha peneirada com o fermento em pó, a semolina, o açúcar, uma pitada de sal, e misture tudo.

Todos os ingredientes devem estar em temperatura ambiente.

Para completar a massa, apenas adicione a manteiga derretida e mexa.

A massa deve ficar bonita e sedosa, ligeiramente inchada por causa semolina.

Unte uma assadeira com óleo vegetal.

Coloque a massa no recipiente e asse por cerca de 40-45 minutos a 170° C.

Quando o mannik estiver pronto, de cor marrom-dourada, retire-o do forno e regue com creme de leite imediatamente. Se você esperar até o bolo esfriar, ele não vai absorver o creme corretamente e a massa ficará seca.

Deixe o bolo descansando por cerca de 30 minutos para que o creme fique totalmente absorvido.

Por fim, retire o mannik da assadeira, corte em quadrados e cubra com uma generosa camada de açúcar de confeiteiro.

Prove acompanhado de uma caneca de chá preto.

Priátnogo appetita!

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais