Fotos revelam exuberância do frio extremo ao longo do rio Ienissei

Rio que percorre 4.093 km até chegar ao oceano Ártico corta grande parte da Sibéria e é 3º mais longo da Rússia. Seu curso turbulento é aproveitado por hidroelétricas, incluindo a barragem de Krasnoiarsk. No inverno, porém, resta apenas admirar sua beleza tranquila.

Pequena ilha perto do vilarejo de Divnogorsk.

Pescadores durante primeira queda de neve do ano no rio Ienissei, perto da siberiana Krasnoiarsk.

Foto tirada a partir de um ponto de observação na região de Ovsianka. Por causa do frio extremo, rio exala vapor que forma névoa até margem oposta.

Margens do Ienissei perto da cidade de Krasnoiarsk. O rio espalha tanto vapor que é preciso muita paciência para esperar o momento certo de as árvores aparecerem em meio à névoa.

Primeira queda de neve do ano em uma pequena aldeia rodeada por densa floresta.

Nevasca no rio Ienissei.

Margem do Ienissei. As árvores da região mostram sua exuberância em qualquer clima.

Margens do Ienissei na região de Divnogorsk.

Neve acumulada após vários dias de geada.

Cais no rio Ienissei congelado.

Rio Ienisei, perto da ilha de Tatichev, a -35°C.

Porção do rio nos entornos de Krasnoiarsk, onde há uma barragem, após primeira queda de neve.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais