O que significa a palavra soviete?

Russia Beyond
Congresso dos “Sovietes”, “Soviete” da Federação... A palavra “soviete” foi e ainda é amplamente usada na Rússia, mas o que ela significa? E que confusões sua tradução para outras línguas traz?

A União Soviética era governada por um sistema de Sovietes, ou seja, órgãos representativos do povo. Mas o país também era constantemente chamado, em russo, de “país dos sovietes”, expressão que contém uma dose de ironia, já que “soviete”, em russo, assim como em português, significa “conselho” — tanto com o sentido de “reunião” ou “assembleia”, quanto de “juízo”, “parecer” ou “opinião”. E, na URSS, era comum até que estranhos na rua lhe dessem conselhos gratuitos sobre como se vestir, se comportar, criar os filhos e assim por diante...

Na verdade, enquanto a tradução inglesa em uma única palavra, “Soviet”, acabou abarcando dois significados, o de “conselho” e o patronímico, a portuguesa foi mais fiel ao russo: gerou-se, além do estrangeirismo “Soviete” (совет, em russo), significando “conselho”, seu derivado “soviético” (советский, em russo), como patronímico.

É curioso notar também que, em inglês, a tradução de "país dos sovietes" perdeu-se duas vezes ao se tornar “land of the Soviets”: uma porque não separou, em “Soviets”, o sentido de “conselho” daquele de patronímico e outra porque substituiu “país” por “terra”. Dá-se a impressão, assim, de que para além de uma localização da tradução inglesa, essa tinha um intento político: deslegitimar a União Soviética como Estado e legar-lhe um título que inferia falta de organização, como um “no man’s land” ou “terra de ninguém” (tomado por Sovietes ou soviéticos).

O termo, porém, consagrou-se em francês de maneira fiel ao original desde o final dos anos 1920, com o sucesso dos quadrinhos altamente tendenciosos “Tintin au pays des Soviets” (“Tintin no país dos soviéticos”), publicados inicialmente em forma de tirinhas, em 1929, em uma revista fascista belga e, um ano depois, em livro. Anos mais tarde, o autor dos quadrinhos, Hergé, proibiu a reedição dos quadrinhos até os anos 1970, qualificando-os como uma "trangressão da juventude". A tradução dos quadrinhos de Tintin em geral para o inglês só se iniciou nos anos 1950 e, quando as aventuras do jornalista belga na URSS foram posteriormente publicadas pela primeira vez no Reino Unido, o livro levava o título “Tintin in the Land of the Soviets”, em que “país” tinha sido substituído por “terra” (land).

Em russo, porém, “soviete” tem ainda um sentido adicional, totalizando três significados:

1) “Conselho”, como uma congregação de pessoas reunidas para discutir assuntos importantes.

2) “Conselho”, como uma dica ou opinião dada a outrem.

3) “Acorde”, como um consentimento ou acordo (este sentido, porém, quase não é utilizado no russo contemporâneo).

A etimologia da palavra soviete

Assembleia em Nôvgorod.

A palavra "soviete" (em russo, grafada “совет”) pertence à categoria das palavras mais antigas da língua russa. Suas origens remontam ao radical proto-indo-europeu “*wekw-”, que significa “falar”. Mas a palavra “soviete” também contém o prefixo “so-” (traduzido em português como “co” e significando concomitância, simultaneidade). Assim, a palavra inteira significaria, em tradução literal, algo como "co-falar".

O que era o "soviete" na vida política durante o Império Russo?

Soviete do Estado reunido em 7 de maio de 1901.

No Império Russo, existiam diversas instituições políticas chamadas "Sovietes". Na historiografia mundial, tanto em língua inglesa como em portuguesa, eles são geralmente traduzidos como "Conselhos" – diferente da era soviética, em que esses “conselhos” foram sobretudo transliterados como “Sovietes”.

No Império, o Supremo Conselho (Soviete) Privado (1726-1730), o Conselho (Soviete) Imperial (1762) e o Conselho (Soviete) da Corte Suprema (1768-1801) eram conselhos consultivos liderados pelos tsares.

O Conselho (Soviete) Permanente (1801-1810), o Conselho (Soviete) Militar do Império Russo (1812-1918) e o Conselho (Soviete) Estatal do Império Russo (1810-1917) eram órgãos auxiliares do imperador para o exercício do poder executivo. No início do século 20, surgiu ainda o Conselho (Soviete) de Ministros do Império Russo (1905-1917).

Os Sovietes durante a era soviética

Sessão do Comitê Central do Partido Comunista da URSS, do Soviete Supremo da URSS e do Soviete Supremo da República Socialista Federativa Soviética da Rússia.

Os primeiros sovietes de deputados operários surgiram na Rússia durante a Revolução de 1905. Esses sovietes se formaram em várias fábricas e oficinas. Os deputados desses sovietes eram eleitos a partir dos coletivos de trabalhadores fabris. Assim, os sovietes surgiram como órgãos para a liderança do levante e começaram a atuar como uma potência revolucionária. Vladímir Lênin proclamava que os Sovietes deviam se tornar organizações básicas de autogoverno na nova Rússia.

Imediatamente após a Revolução de fevereiro de 1917, formou-se o Soviete de Deputados Operários e Deputados Soldados de Petrogrado. Durante os dias da Revolução, esse Soviete tentou estender sua jurisdição a todo o país, como rival do Governo Provisório. Dessa maneira, logo passaram a se formar Sovietes por toda a Rússia.

No final das contas, foi o poder dos Sovietes que venceu. Lênin via os sovietes como o novo tipo de organização política ideal, por isso, em abril de 1917, propôs o lema: “Todo o poder aos Sovietes!”

No final das contas, os Sovietes se tornaram as organizações representativas básicas do povo soviético.

LEIA TAMBÉM: O que significa realmente 'camarada' em russo?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies