15 cartazes mostram quanto os russos se odiavam durante a Guerra Civil

A propaganda da Guerra Civil Russa não economizava palavras – era cruel e implacável, assim como o próprio conflito. E a mensagem do Exército Vermelho era clara: os brancos eram a escória da humanidade e deveriam ser eliminados.

“Enquanto se afastam do Exército Vermelho, os guardas brancos queimam o pão.” 

“É assim que os bolcheviques se comportam nas aldeias cossacas”

“Wrangel está chegando! Peguem suas armas, proletários!”

Depois da investida catastrófica das tropas brancas em Moscou, o barão Piotr Wrangel comandou o que restava dos exércitos brancos na Crimeia.

LEIA TAMBÉM: Como a ideologia mudou ao longo dos séculos na Rússia 

Em 1920, as últimas tropas de Wrangel foram evacuadas da península, colocando um ponto final no Movimento Branco no sul da Rússia.

“Paz e liberdade na Rússia soviética”

“A Entente está preparando uma nova campanha. Mantenham os olhos abertos!”

Mais de uma dúzia de países, em primeiro lugar a Grã-Bretanha e seus aliados, iniciaram uma intervenção na Rússia durante a Guerra Civil.

“É assim que o problema da classe trabalhadora está sendo resolvido na Rússia soviética”

“Inimigo à porta! Todos defendam Petrogrado!”

Em outubro de 1919, o Exército do Noroeste do general Nikolai Iudenitch, apoiado pelas tropas da Estônia e da Inglaterra, lançou uma ofensiva contra Petrogrado (atual São Petersburgo). As tropas, no entanto, sofreram uma enorme derrota.

“No altar da Internacional [Comunista]”

“A Entente disfarçada com a máscara da paz”

“Por uma Rússia unida!”

“Sobre o cavalo, proletário!”

“Arrisquem suas vidas em defesa de Petrogrado!”

“Cossaco, você tem apenas um caminho – rumo à Rússia trabalhadora!”

“Inimigo à porta! Ele está trazendo escravidão, fome e morte! Acabe com os gambás negros! Todos para a defesa! Avante!”

“Wrangel ainda está vivo. Acabe com ele sem piedade ”

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies