Fotos coloridas de 1900 revelam pequenas cidades do Império Russo

Serguêi Prokudin-Górski ficou mais conhecido por seu trabalho pioneiro com fotografia colorida. No início do século 20, viajou pelo vasto território imperial russo registrando a vida de leste a oeste do país.

Em 1901, Prokudin-Górski abriu um estúdio e laboratório de fotografia em São Petersburgo. Ao longo dos anos, vários de seus trabalhos fotográficos, publicações e apresentações de slides para outros cientistas e fotógrafos na Rússia, Alemanha e França renderam elogios. 

Vista do rio Volga e da cidade de Zitsov.

O tsar Nicolau 2º apreciava fotos coloridas e, com sua bênção, Prokudin-Górski obteve permissão e financiamento para documentar a Rússia em cores.

Catedral da Dormição, em Smolensk

Prokudin-Górski era químico e fotógrafo, mas ficou mais conhecido pelo trabalho pioneiro com fotografia colorida. Em 1890, juntou-se à seção de fotografia da Rússia da Sociedade Técnica Imperial Russa.

Mosteiro Avraamiev, em Smolensk

Nas longas viagens pelo país, de 1905 a 1909, Prokudin-Górski capturou em fotos a vida patriarcal russa.

Portões Nikolskie, na cidade de Smolensk

Ao longo de dez anos, reuniu uma coleção de 10 mil fotos.

Catedral da Trindade em Torjok

Ao deixar a Rússia, cerca de metade de suas fotos foram confiscadas pelas autoridades locais por conter material que parecia ser estrategicamente delicado para o país em tempos de guerra.

Cidade de Torjok

Como resultado da tecnologia exclusiva, as imagens sobreviveram em padrões modernos de qualidade e cores originais.

Igreja Bogomaterinskaia

Após a Revolução de Outubro, Prokudin-Górski foi nomeado para uma nova cátedra, mas deixou a Rússia soviética em agosto de 1918.

Vista dos rios Tver e Volga

Seu objetivo final era educar as crianças russas com suas “projeções de cores óticas” da vasta história, cultura e modernização do Império.

Vista da cidade de Staritsa

Prokudin-Górski se mudou para Paris em 1922. Ele faleceu em 27 de setembro de 1944, aos 81 anos de idade.

Vista do Mosteiro Borisoglebski, em Torjok

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Se gostou dessas fotos, não deixe de conferir essas 10 igrejas de madeira na Rússia que resistiram aos séculos.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies