10 tirinhas soviéticas que provam que o humor resiste a qualquer regime!

Estes cartuns publicados na década de 1930 em uma revista de língua russa na Letônia mostram relações entre homens e mulheres e os pequenos acontecimentos cotidianos engraçados que são atemporais.

- Seu batimento cardíaco é muito irregular. Você bebe?

- Sim, bebo, mas muito regularmente.

- Os outros telefones estão quebrados?

- Não, mas este devolve uma moeda quando você desliga.

- Ontem à noite, na casa do Ivanov, não estava legal.

– Aliás, preciso dizer, eles nem tinham te convidado.

- Com licença, você não recebeu esta fita em 1918?

- Claro, e você não recebeu sua Cruz Vermelha em 1920?

Caiu!

- Papai, quem é mais pesado, eu ou a empregada Lina?

- Escute, ei!, sua mulher ainda está falando!

Filosofia de cavalo

Cavalo: graças a Deus que não sou casado! Não posso imaginar ter tirar os sapatos [um costume russo] toda vez que entro em casa!

– Este filme é permitido para crianças?

– Você poderia ao menos me acompanhar para fora da floresta? Eu tenho medo de andar sozinho!

– Você acha que chegaremos a tempo para o trem das 7 horas?

– Claro! Temos quase 24 horas para isso!

Quer saber mais sobre o cotidiano soviético? Então leia “Pinturas de infância mostram vida na URSS antes da queda”.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies