Neste dia: nascia o famoso acadêmico russo Dmítri Likhatchov

Retrato de Dmítri Likhatchov

Retrato de Dmítri Likhatchov

Yury Pilipenko/Global Look Press
Estudioso desenvolveu mais de 500 trabalhos científicos dedicados à história da literatura e da cultura russas.

Em 28 de novembro de 1906, o famoso estudioso da literatura russa e cultura Dmítri Likhatchov nascia na família de um engenheiro de São Petersburgo. Likhatchov começou os estudos em uma escola tsarista, mas concluiu o ensino em uma instituição soviética após a Revolução de 1917.

Em 1928, quando estudava na Universidade Estatal de Leningrado, foi condenado a cinco anos por participar de um grupo literário estudantil chamado Academia Cósmica de Ciências para Atividades Contrarrevolucionárias.

Seu primeiro trabalho – “Jogos de Cartas Criminosas” – foi escrito e publicado no jornal local da ilhas Solovetsky [campo de trabalho forçado].

O acadêmico foi libertado em 1932, quando retornou a Leningrado (atual São Petersburgo) e começou a trabalhar como editor de livros. O foco principal de seus estudos era literatura russa antiga.

Durante o cerco à cidade, refugiou-se em Kazan, onde continuou a trabalhar.

A partir de 1946 atuou como professor na Universidade Estatal de Leningrado e, em 1970, tornou-se membro da Academia Soviética das Ciências.

Likhatchev escreveu mais de 500 trabalhos de pesquisa e mais de 600 publicações sobre literatura russa antiga. Também era ativista público e líder espiritual da intelligentsia (grupo de intelectuais envolvidos na disseminação cultural) russa.

O estudioso faleceu em 30 de setembro de 1999 em São Petersburgo.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies