Russo bate novo recorde mundial ao pescar um salmão-do-Atlântico enorme

igfa.org
Jovem pescador lutou contra o gigante por 20 minutos. Peixe foi devolvido às águas.

O russo Konstantin Schérbovitch pescou um salmão-do-Atlântico com 100 cm de comprimento, estabelecendo um novo recorde mundial, de acordo com o site da Associação Internacional de Pesca Esportiva (IGFA, na sigla em inglês).

Em setembro passado, a organização internacional confirmou oficialmente o novo recorde. Schérbovich pescou o salmão enorme em 11 de julho no rio Khokanta, na Península de Kola, na região de Murmansk. O jovem pescador lutou contra o gigante por 20 minutos. 

Logo após medir e fotografá-lo, ele o devolveu às águas.

Este já é o sexto recorde internacional de Schérbovitch na categoria IGFA. O russo já havia registrado outros feitos no Volga e nas Seychelles. 

O salmão-do-Atlântico vive no Atlântico Norte e retorna aos rios, a partir de Portugal e Espanha até o Mar de Barents, para desovar. Na Rússia, esse peixe vive nos lagos da Península de Kola; e na Europa, na Noruega, Suécia e Finlândia.

LEIA TAMBÉM: Conheça os monstros marinhos mais fascinantes da Rússia

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies