Por que os russos são doidinhos por cogumelos?

Konstantin Chalabov/Sputnik
Pouca gente a Oeste das fronteiras do país sabe detectar esses fungos comestíveis, mas russos são obcecados em colher cogumelos, e podem passar horas vasculhando as florestas para tanto. A caça aos cogumelos é um verdadeiro esporte nacional!

“Em quase nenhum outro lugar do mundo as pessoas pegam cogumelos com tanta avidez como na Rússia. Os estrangeiros  têm medo de confundir os venenosos com os comestíveis. É só na Rússia que a ‘caça’ ao cogumelo tem lugar”, segundo o escritor russo contemporâneo Dmítri Bíkov.

“Até os monumentos russos parecem estar buscando cogumelos! Por exemplo, Iúri Dolgorúki [o príncipe medieval que acredita-se ser um dos fundadores de Moscou]: ‘Eis um aqui!’, grita ele alegremente apontando para um Boletus de topo marrom”, brinca Bíkov.

Monumento a Iúri Dolgorúki em Moscou.

Paraíso dos cogumelos

A colheita de cogumelos não é verificada apenas na Rússia. "Povos eslavos da Bulgária, Eslovênia e República Tcheca são muito parecidos com a gente e adoram colher cogumelos", diz o micologista (especialista em fungos) Mikhaíl Vichnevski.

Porém, na maior parte da Europa Ocidental e nos EUA pegar cogumelos é algo fora do comum, ainda mais para fazer conservas.

Os russos, por sua vez, aproveitam para reunir seu esporte nacional (a “caça aos cogumelos”) à oportunidade de cozinhar diferentes gêneros de cogumelos de formas variadas.

Russos cozinham cogumelos de todos os jeitos possíveis.

O escritor norte-americano Akhil Sharma, que visitou a Rússia em 2013 contou que o chef do hotel Ritz-Carlton, em Moscou, cresceu em uma região bastante rica em cogumelos da França, mas, mesmo assim, afirmou: “Em Borgonha se encontram apenas alguns tipos de cogumelos. Mas aqui tem de tudo, e em grande quantidade”.

Jogo perigoso

Se acontecer de você estar na Rússia de abril a outubro – quando, geralmente, ocorre a “estação dos cogumelos” - e tiver um dia livre, saia da cidade grande e vá para a floresta pegar esses fungos deliciosos no chão e nas árvores.

Mas tenha cuidado! Pegar cogumelos sem estar preparado para isto é tão perigoso quanto caçar ursos: você pode acabar morto!

Existem quase 30 tipos de cogumelos venenosos na Rússia, e eles podem causar danos graves a sua saúde. O mais perigoso é o Amanita phalloides, conhecido em português como “cicuta verde” e em inglês como “death cap”: só um pedacinho deste fungo já é o suficiente para matar uma pessoa adulta.

O Amanita phalloides, conhecido em português como “cicuta verde” e em inglês como “death cap”.

Apesar de seu amor pela colheita de cogumelos, muitos russos ainda são ruins em distinguir fungos comestíveis dos venenosos, segundo Mikhaíl Vichnevski.

“Infelizmente, nosso povo adora colher cogumelos, mas não tem nenhuma cultura especial nesse campo: eles simplesmente colocam tudo na boca", diz.

Assim, quando você for “caçar” cogumelos, leve um “guia” com você. Os “gribnik” ou “cogumelistas” são pessoas que têm muita experiência e que podem dizer, facilmente, qual cogumelo é delicioso e qual é perigosíssimo.

Até os cachorros russos são loucos por cogumelos!

Missão sagrada

Na Rússia moderna, a colheita de cogumelos não tem a ver apenas com encher a geladeira. A atividade é um tipo de meditação, uma maneira de se acalmar, de fugir do mundo maluco da cidade e mergulhar na natureza sem pressa.

“O cogumelo é como um ímã, uma conexão invisível e misteriosa surge entre ele e aquele que o ‘caça’... Não é nem uma caçada, é um esconde-esconde sem vencedores ou perdedores, sem vítimas”, segundo o escritor russo Aleksandr Guenis.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies