‘Playboy’ da Rússia chama atenção ao publicar fotos de modelo de 61 anos; confira

Modelo @t.neklyudova; Foto @lyskowets_portrait; Maquiagem & Cabelo @make_up_er
Fotos de Tatiana Nekliúdova posando de espartilho, sutiã e maiô estão dando o que falar na internet. Entre a maioria dos comentários positivos, tiveram também usuários que criticaram a decisão da revista.

No final de julho de 2021, a edição russa da revista ‘Playboy’ publicou fotos de Tatiana Nekliúdova, de 61 anos, em sua conta do Instagram. A engenheira mecânica de São Petersburgo é mãe de dois filhos e avó de três, além de modelo por acidente: a mulher foi vista na rua pelo diretor de elenco do longa ‘Matilda’.

Na ocasião, ele ofereceu a Nekliúdova uma oportunidade como figurante. Em 2015, a russa foi convidada para trabalhar em outro filme, ‘O Duelista’. Foi lá que conheceu a fotógrafa Aliona Kanámina, que sugeriu que Nekliúdova enviasse algumas fotos para ‘Oldushka’, uma agência de modelos que trabalha exclusivamente com modelos da melhor idade. A engenheira trabalhou pela agência por vários anos e estampou anúncios de várias marcas.

Em um dos projetos, Nekliúdova apareceu em um anúncio da marca russa de lingerie ‘Petruchka’ em 2017. Foram as fotos dessa sessão que a ‘Playboy’ acabou publicando em seu Instagram vários anos depois - curiosamente, sem o consentimento de Nekliúdova.

“Claro, era uma proposta empolgante, mas não pensei muito - muito pelo contrário, eu até tive que convencer Ígor [Gavar, fundador da Oldushka] de que estava realmente pronta para dar esse passo. Eu realmente queria tentar - acho que ainda estou em uma idade muito aceitável para a sessão. Gostei do resultado - não de tudo, mas sendo uma adulta madura, é claro que entendo que várias centenas de fotos geralmente resultam na escolha de duas ou três”, contou a modelo à Wonderzine na época da primeira publicação.

Na recente publicação feita pela ‘Playboy’, alguns usuários do Instagram se mostraram desgostosos com as fotos:

“Você faria bem em cuidar de seus netos!”

“Como posso desver isso?”

“Que horror, nojento!”

“Adeus, Playboy, divirta-se olhando suas próprias postagens lixo.”

No entanto, a maioria dos comentários foram positivos. Diversos usuários escreveram que “uma mulher é maravilhosa em qualquer idade”, chamando Tatiana de “uma mulher bonita” e afirmando que este é o tipo de Playboy que gostariam de ver.

“Gostei do fato de a ‘Playboy’ ter publicado as fotos? Para mim, foi uma surpresa agradável. Sem dúvida, entendo que as reações à sessão de fotos podem ser muito distintas, mas o mais importante é que o meu trabalho e o trabalho da minha equipe não deixam as pessoas indiferentes. É importante saber como envelhecer com elegância. Gosto de lembrar uma frase da atriz soviética Olga Arósseva: 'Não se arrependa de envelhecer - muitos tiveram o privilégio negado, pois a vida é dada a todos, mas a velhice é apenas para os escolhidos!'”, rebateu a modelo de 61 anos.

Nekliúdova acrescentou ainda que os comentários negativos partiram de “pessoas mal-educadas” e que seu agente recomendou simplesmente ignorá-los.

Outro motivo para a negatividade, segundo ela, tem a ver com o fato de a sociedade ditar “padrões de beleza que estão em declínio”. Tatiana disse observar um número crescente de marcas ampliando suas perspectivas para incluir modelos com idade mais avançada, plus size, ou que sofrem de vitiligo e uma série de outras características não convencionais.

“Muitas pessoas ainda não estão prontas para aceitar que existe algo além de corpos perfeitos e jovens, que provavelmente são produtos de cirurgia estética e edição de photoshop. As pessoas devem entender que a vida não termina com a passagem da juventude. Já existe uma consciência cada vez maior de que as mulheres de qualquer idade e aparência também são bonitas, atraentes e sexy. É um processo irreversível”, arrematou.

LEIA TAMBÉM: Existia filme erótico na União Soviética? Sim, e alguns até se tornaram referência cult

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies