Vagões-restaurante podem estar com os dias contados em trens da Rússia

Trem de Moscou a Simferopol, na Crimeia

Trem de Moscou a Simferopol, na Crimeia

Komsomolskaya Pravda/Global Look Press
Custo para manutenção do serviço é o principal motivo para mudança. Proposta divide viajantes que costumam utilizar o serviço durante as viagens.

A Russian Railways irá possivelmente abolir os vagões-restaurante na maioria dos trens do país, segundo o diretor da estatal, Oleg Belóziorov, citado pela agência Prime.

“O vagão-restaurante é visto como algo caro. Acreditamos que deva ser mantido  em trens específicos: trens de categoria luxo e trens turísticos”, disse Belóziorov.

Como alternativa, avalia-se a possibilidade de oferecer aos passageiros uma variedade de pratos em um café-bistrô no trem e esquentados nos vagões normais, já equipados com microondas. Tais pratos, ao contrário dos atuais, que são preparados durante o trajeto em vagões-restaurante, serão feitos com antecedência e transportados em bandejas. 

Cabe lembrar que este tipo de serviço já existe a bordo dos trens de alta velocidade Sapsan, que circulam entre São Petersburgo, Moscou e Níjni Novgorod.

No entanto, o projeto não tem apoio unânime da sociedade, de acordo com pesquisa realizada pelo site de reservas de viagens OneTwoTrip com 3.720 usuários de internet e publicada pela agência de notícias RIA Novosti.

Embora 69% dos entrevistados tenham afirmado que estariam dispostos a usar a alternativa, apenas 48% acharam que seria melhor do que o tradicional vagão-restaurante. Um terço acredita que a iniciativa não representa uma mudança real, enquanto 19% aponta que esse formato irá deteriorar o serviço prestado nos trens.

No mesmo levantamento, 21% dos respondentes disseram que costumam frequentar o vagão-restaurante quando viajam de trem; 41%, às vezes; e 38%, nunca. Além disso, 45% dos participantes do estudo afirmaram que retirar os vagões-restaurante causaria grande desconforto e 46% não veriam diferença, pois continuariam trazendo sua própria comida. Apenas 9% sequer considerariam viajar de trem se não houvesse mais vagões-restaurante.

O primeiro vagão-restaurante apareceu na Rússia em 1896 na linha ferroviária entre São Petersburgo, então capital do Império Russo, e Paris.

LEIA TAMBÉM: 7 viagens de trem na Rússia que você precisa fazer pelo menos uma vez na vida

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies