Estes países NÃO ficam na Rússia

Aleksandr Kislov
Buscas na internet mostram que tem muita gente achando que a Bielorrússia - e até a extinta Iugoslávia - pertencem ao território russo.

Ao navegar pelas buscas mais populares da web relacionadas com a Rússia, geralmente nos deparamos com perguntas estranhas, como: “A Bielorrússia fica na Rússia?” ou, pior ainda, “A Iugoslávia fica na Rússia?” - lembrando que a Iugoslávia sequer existe mais como país. Para poupar constrangimentos, o Russia Beyond esclarece as coisas de uma vez por todas:

Bielorrússia

Desde o século 13, as terras da atual República da Bielorrússia pertenciam ao Grão-Ducado da Lituânia, que posteriormente se tornou parte da Comunidade Polonesa-Lituana. Entre 1795 e 1917, o território do grupo étnico bielorrusso passou a fazer parte do Império Russo.

Em 2 de janeiro de 1919, foi criada a República Socialista Soviética da Bielorrússia, que mais tarde se tornou parte da URSS. Em 1990, a República da Bielorrússia foi oficialmente criada como um Estado independente após a dissolução da União Soviética.

Ucrânia

A Rus Kievana, um antigo Estado que existiu antes da formação da Rússia, foi constituído no território da atual Ucrânia, tendo Kiev como sua capital. Essas terras sofreram pesadas perdas durante a invasão mongol-tártara no século 13 e mais tarde passaram a integrar a  Comunidade Polonesa-Lituana.

Após as partilhas da Polônia, em 1772, 1793 e 1795, as terras da Ucrânia foram divididas entre o Império Russo e o Reino da Galícia e Lodoméria. Quando o Império Russo deixou de existir em 1917, foi criada a República Socialista Soviética da Ucrânia, que em 1922 também passou a fazer parte da URSS. Em 1991, a Ucrânia tornou-se um Estado independente.

Sérvia

A Sérvia é um país europeu independente que existe desde pelo menos os séculos 8 e 9. Nunca fez parte da Rússia.

Iugoslávia

A Iugoslávia foi um Estado balcânico que existiu entre 1918 e 2003. Incorporava Sérvia, Croácia, Eslovênia, Macedônia, Montenegro e Bósnia-Herzegovina como repúblicas, que agora são Estados independentes. Nenhum jamais fez parte da Rússia.

Estônia

As terras da Estônia pertenceram à Ordem da Livônia. Também estiveram sob o domínio da Suécia, antes de serem anexadas pelo Império Russo em 1721, como resultado da vitória da Rússia na Grande Guerra do Norte. Após a queda do Império Russo, foi promulgada a República da Estônia . Em 1940, a Estônia tornou-se parte da União Soviética e recuperou sua independência apenas em 1991.

Geórgia

No século 11, o Reino da Geórgia unificado ocupava as terras da atual Geórgia. No século 18, a Geórgia cristã estava sob forte pressão de Estados muçulmanos vizinhos e acabou ferozmente atacada e saqueada pelo Exército persa em 1795. Em 1801, a Geórgia passou a fazer parte do Império Russo. Após sua queda, em 1918, a Geórgia declarou independência. Entretanto, em 1922 foi incorporada à URSS como República Socialista Soviética da Geórgia e assim permaneceu até 1991, quando se tornou independente novamente.

Letônia

As terras da Letônia faziam parte de um Estado criado pela Ordem da Livônia, que mais tarde se juntou à Comunidade Polonesa-Lituana e depois passou a integrar o Império Russo. Em 1918 o território foi transformado na República Soviética da Letônia, como um dos membros da URSS. Assim como os demais, a Letônia se tornou independente em 1991.

Lituânia

O Grão-Ducado da Lituânia foi formado no século 13. Tornou-se parte da Comunidade Polonesa-Lituana em 1569. Tal como a Letônia, também foi incorporada ao Império Russo, mas entre 1918 e 1940 se manteve independente, sem se juntar à União Soviética. Foi só em 1940 que passou a se chamar República Socialista Soviética da Lituânia. Em 1990, a Lituânia foi a primeira república soviética a reconquistar sua independência.

LEIA TAMBÉM: Os lugares mais EXTREMOS (geograficamente) da Rússia

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies