O desfile militar que celebra o 76° aniversário do Dia da Vitória em fotos

Apesar do tempo frio e nublado, o desfile militar, realizado anualmente para comemorar o fim da Segunda Guerra Mundial, foi realizado no coração de Moscou.
  1. Um veterano durante o desfile militar na Praça Vermelha
  1. Em 2021, mais de 12,5 mil militares, acompanhados por 200 unidades de equipamento militar, participaram do desfile militar em ruas do centro de Moscou e na Praça Vermelha, em 9 de maio.
  1. Como manda a tradição, o Regimento Presidencial iniciou a cerimônia desfilando em frente aos soldados, oficiais militares e convidados de honra ao lado do presidente russo Vladimir Putin.
  1. Militares russos caminharam pela Praça Vermelha vestindo uniformes soviéticos da Segunda Guerra Mundial e empunhando submetralhadoras antigas PPSh nas mãos.
  1. Eles foram seguidos por milhares de soldados de tropas terrestres em uniformes de desfile modernos, armados com os mais recentes fuzis de assalto russos AK-12.
  1. Integrantes mulheres do exército também se uniram às tropas regulares na Praça Vermelha. Cerca de 400 mulheres marcharam ao lado dos homens e dos mais recentes veículos militares da Rússia.
  1. Os cossacos também enviaram suas tropas para participar da celebração do 76º aniversário do fim da Grande Guerra Patriótica (como os russos chamam sua participação nos eventos da Segunda Guerra).
  1. Considera-se como uma grande honra ser escolhido para participar de desfiles militares em datas simbólicas. Cada soldado que marcha na Praça Vermelha recebe uma medalha, uma semana de férias e pagamento adicional.
  1. O T-34, tanque lendário que desempenhou o papel mais importante na Grande Guerra Patriótica, abriu o desfile deste ano.
  1. As ruas de Moscou presenciaram a passagem de sistemas de lança-chamas TOS-2 Tosotchka. A arma dispara projéteis termobáricos, que usam o oxigênio do ar para gerar uma explosão de alta temperatura. Esses sistemas foram projetados para incendiar e destruir edifícios e veículos com blindagem leve.
  1. Além de tanques antigos, quem esteve presente ao desfile também pôde ver a última modificação do tanque T-72B3 com blindagem aprimorada.
  1. O RS-24 Yars é um míssil balístico intercontinental de combustível sólido e com múltiplas ogivas. Sua base pode ser tanto em silo, como móvel. Projetado pelo Instituto de Engenharia Térmica de Moscou, o míssil é uma versão modernizada do Topol-M e deve substituir os RS-18 e RS-20 no futuro.
  1. Helicópteros de transporte pesados Mi-26 sobrevoaram a Praça Vermelha. Por suas dimensões impressionantes, o Mi-26 foi apelidado pelos pilotos de “vaca voadora”. Um Mi-26 pode levar até 20 toneladas de carga.
  1. O Su-24 é um avião de ataque supersônico desenvolvido na URSS entre o final dos anos 1960 e o início dos anos 1970. A aeronave bimotor de dois lugares recebeu asas de geometria variável, o primeiro sistema de navegação soviético e um sistema de ataque digital integrado. Hoje, a Rússia tem 70 aviões de ataque Su-24M/M2 e mais de 50 aviões Su-24MR. Alguns deles são usados também pela aviação naval do país.
  1. O grupo de acrobacias aéreas "Cavaleiros Russos” pintou, como já é tradição, a bandeira russa no céu de Moscou, simbolizando o fim do desfile militar. Este é o único grupo do planeta que realiza acrobacias a bordo de bombardeiros pesados Su-27.

VEJA TAMBÉM: O ‘desfile esquecido’ dos Aliados em Berlim

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies