Bolsonaro agradece a Putin pela libertação de Robson

Jair Messias Bolsonaro/Facebook
Detido em 2019 ao tentar entrar na Rússia com remédio proibido no país, brasileiro deve retornar ao país nesta quinta-feira (6).

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, agradeceu a seu homólogo russo, Vladimir Putin, pela libertação de Robson Oliveira, motorista do ex-jogador do Spartak Moscou Fernando.

"Robson passou dois anos sob custódia na Rússia e hoje estendemos nossos agradecimentos ao presidente Vladimir Putin, ao embaixador russo no Brasil e a nosso embaixador na Rússia”, disse Bolsonaro em um vídeo postado em sua página no Twitter. "A libertação de Robson foi anunciada hoje, após longas conversas com o governo russo”, continuou.

A mensagem foi gravada ao lado do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), do deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ) e do ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França. “Se Deus quiser, na próxima quinta-feira receberemos o Robson aqui no Brasil”, acrescentou.

Robson, 47 anos, ficou preso por mais de 500 dias em solo russo por transportar cloridrato de metadona, um medicamento proibido no país, a pedido do sogro do jogador Fernando. O brasileiro corria risco de pegar até 20 anos de prisão sob a acusação de tráfico de drogas.

Em outubro passado, Bolsonaro postou em suas redes sociais uma mensagem pedindo à Rússia a libertação de Robson. Três horas depois, a embaixada russa no Brasil declarou estar “tomando todas as medidas necessárias para transmitir estas mensagens às autoridades responsáveis da Federação da Rússia”.

Na mesma época, o senador Nelsinho Trad (PSD-MS) entregou pessoalmente uma carta do governo brasileiro solicitando ao presidente russo que perdoasse Robson.

O caso do motorista ganhou destaque em meados de 2020, após novas reportagens sobre o caso feitas pela Globo, que acompanha a situação desde o princípio.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies